Aldo Vilela

Aldo Vilela

Jornalista

Os Blogs Parceiros e Colunistas do Portal LeiaJa.com são formados por autores convidados pelo domínio notável das mais diversas áreas de conhecimento. Todos as publicações são de inteira responsabilidade de seus autores, da mesma forma que os comentários feitos pelos internautas.

O PT vai pro combate e registra candidatura de lula para disputa presidencial

Aldo Vilelater, 10/04/2018 - 10:52

A presidente do PT, a senadora Gleisi Hoffmann (PR), afirmou que o PT, em reunião da Comissão Executiva Nacional realizada em Curitiba, decidiu que registrará em dia 15 de agosto a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva ao Palácio do Planalto. Em entrevista ao “Jornal da CBN – 2ª Edição”, Gleisi disse que o PT não abandonará a candidatura de Lula “porque ele é inocente”. Gleise declarou que, porque é “inocente”, Lula tem o direito de disputar a Presidência. Afirmou que o PT perderia politicamente se cogitasse substituí-lo como postulante do partido. Segundo ela, “se tudo correr bem”, será lançada ainda nesta semana uma frente política de esquerda unindo PT, PC do B, PSOL, PDT e PSB para defender “a soberania” e a “liberdade do presidente Lula”. A senadora afirmou que essa frente não será eleitoral neste momento e que cada partido participará da eleição com seu candidato. Gleisi afirmou que “lamenta” a decisão da ministra Cármen Lúcia, presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), de votar o habeas corpus de Lula antes de ações de repercussão geral que questionavam a aplicação da pena de prisão após sentença condenatória em segunda instância.A presidente Indagada se o PT não poderia se iludir novamente com o voto da ministra Rosa Weber, respondeu que espera que o STF seja guardião da Constituição e que “suas decisões sejam coerentes com posições definidas anteriormente”. Rosa Weber votou contra o HC de Lula alegando que não estava discutindo a tese. Agora, nos bastidores, dá sinais de que poderá votar a favor da prisão em segunda instância, contrariando entendimento tomado em outubro de 2016. Ou seja, votar do mesmo jeito no caso específico e na tese.

Mais um querendo o Senado

O Cantor Gospel e Pastor Jairinho esteve presente no III Congresso Nacional do REDE SUSTENTABILIDADE em Brasília neste fim de semana. O Pastor Jairinho que é uma aposta ao senado do REDE SUSTENTABILIDADE e da presidenciável Marina Silva por ser o único pré-candidato até agora do segmento evangélico no estado, confirmado, tem sua trajetória como cantor gospel de 30 anos cantando pelo Brasil inteiro e em mais de 40 países, além da sua capacidade técnica e habilidade para dialogar com todos os segmentos e movimento dentro do estado que já fazendo há 6 meses discutindo política e suas soluções. E toda a sua experiência nos bastidores de outras campanhas no estado de Pernambuco e em outros estados que elegeu muitos políticos conhecidos.

OAB lança Residência Jurídica para novos advogados e advogadas

Em solenidade que reuniu mais de 1,5 mil pessoas, o presidente da OAB Pernambuco, Ronnie Preuss Duarte, lançou na tarde dessa segunda-feira (09) o Programa Residência Jurídica, desenvolvido pela Escola Superior de Advocacia de Pernambuco (ESA-PE) como forma de qualificação para os profissionais da categoria com até cinco anos de inscrição na Ordem.

Ação

A proposta da especialização é que os novos advogados e advogadas adquiram experiência prática e tenham acesso a conteúdos relevantes não contemplados especificamente no programa curricular do curso de Direito.

Novidade

A apresentação da novidade ocorreu durante o Compromisso Legal da OAB-PE, realizado no Teatro Guararapes, no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda, no qual participaram cerca de 560 jurandos e jurandas. “Por iniciativa da OAB Pernambuco, a Residência Jurídica é uma oportunidade para aqueles colegas que não tiveram a vivência prática alcançarem o aprofundamento no exercício profissional. Hoje, de maneira efetiva, passamos a oferecer algo verdadeiramente inovador: a possibilidade de uma imersão supervisionada na advocacia”, ressaltou Ronnie Duarte.

Armando debate soluções para melhorar a economia do País

O senador Armando Monteiro (PTB-PE) destacou, nesta segunda-feira (9), durante o Special Meeting, evento organizado pela AMCHAM-Recife e que reuniu gestores de indústrias de Pernambuco, a necessidade cada vez maior de o setor privado e o Congresso Nacional dialogarem para constituir uma agenda que conduza à desburocratização e à simplificação da economia no Brasil. Para Armando, essa união vai melhorar o ambiente de negócios em todo o País e representará em ganhos de produtividade para as empresas. Temas ligados à economia Pernambuco também estiveram na pauta do petebista durante a reunião.

Fala de candidato

"No Brasil, as empresas padecem por conta da burocracia, do elevado custo de financiamento das suas operações e de um ambiente tributário disfuncional e complexo. Conversaa8 mmos sobre esse momento da economia brasileira, especialmente na visão do Congresso Nacional, e aquilo que pode representar a contribuição do Congresso para melhorar o ambiente de operação das empresas", frisou Armando.

Propostas

No encontro, o senador apresentou algumas das ações desenvolvidas pelo Grupo de Trabalho (GT) de Reformas Microeconômicas do Senado. Segundo Armando Monteiro, que coordena o GT no âmbito da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), o objetivo desse fórum é criar as condições para melhorar o ambiente de negócios em todo o País.

Ação rápida

A expedição do mandado de prisão em menos de 24 horas depois de o Supremo negar-lhe habeas corpus espantou até ministros que são favoráveis ao encarceramento após a segunda instância.

Rapidez

A ação rápida de Sergio Moro ampliou o volume das críticas à presidente do STF, Cármen Lúcia, que optou por levar o recurso de Lula ao plenário sem que a corte discutisse ações que podem rever sua jurisprudência. Hoje ainda mais dividido, o tribunal será alvo de nova onda de pressão.

Joaquim vai??

O ex-ministro do STF Joaquim Barbosa ainda tem que unir o PSB e garantir a legenda para se candidatar, mas as pesquisas que circulam entre seus adversários mostram que ele tem tudo para ser o fato novo da eleição presidencial. Seg undo esses levantamentos, Barbosa só perde no segundo turno para um candidato, justamente aquele que tem grandes chances de ficar de fora da cédula – Lula. Em todos os outros cenários, ele vence, inclusive de Jair Bolsonaro.

Prendendo todos

Após a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso na Lava Jato, investigadores ligados à operação dizem que os próximos passos devem ser o aprofundamento das apurações contra líderes de outros partidos, assim como a aprovação de mudanças na legislação penal e o fim do foro privilegiado.

A fala do delegado

O delegado da Polícia Federal Milton Fornazari Júnior, responsável pela Delegacia de Repressão a Corrupção e Crimes Financeiros em São Paulo (Delecor), afirmou em uma rede social que "agora é hora de serem investigados, processados e presos os outros líderes de viés ideológico diverso, que se beneficiaram dos mesmos esquemas ilícitos que sempre existiram no Brasil (Temer, Alckmin, Aécio etc)."

Amigos do presidente enroscados

O juiz federal Marcus Vinicius Reis, da 12ª Vara da Justiça Federal em Brasília, aceitou nesta segunda-feira (10) denúncia por organização criminosa contra o advogado José Yunes, ex-assessor da Presidência, e o coronel aposentado da Polícia Militar de São Paulo João Baptista Lima Filho, amigos do presidente Mich ao Senado.

COMENTÁRIOS dos leitores