Aldo Vilela

Aldo Vilela

Jornalista

Os Blogs Parceiros e Colunistas do Portal LeiaJa.com são formados por autores convidados pelo domínio notável das mais diversas áreas de conhecimento. Todos as publicações são de inteira responsabilidade de seus autores, da mesma forma que os comentários feitos pelos internautas.

E Bolsonaro ganha apoio de peso para seguir sua campanha presidencial

Aldo Vilelaseg, 19/03/2018 - 09:21

O pré-candidato do PSL à Presidência da República, o deputado federal Jair Bolsonaro, está apostando todas as fichas nas redes sociais para propagar sua campanha pelo país. O parlamentar está prestes a acertar o reforço de um exército na estratégia para compensar o pouco tempo que terá na televisão a partir de agosto. Os senhores vão confirmar nos próximos dias o apoio do pastor Silas Malafaia, uma força no campo evangélico que decidiu usar sua teia digital em prol da candidatura de Bolsonaro. Há duas semanas, um encontro na sede da Associação Vitória em Cristo começou a pavimentar o caminho para o apoio nas eleições. Participou da conversa o senador Magno Malta (PR-ES), cotado para ser vice do deputado. Agora a chapa vai se formando e deve mesmo seguir em ritmo frenético em viagens pelo Brasil a fora na busca de apoiadores. Bolsonaro agora fica mais forte na sua campanha em ser presidente do Brasil.

Prefeito Bruno Pereira autoriza pagamento de indenizações

O prefeito Bruno Pereira autorizou, via decreto assinado na sexta-feira (16) e publicado nesta segunda-feira (19), o pagamento antecipado dos trabalhadores que, mesmo com contratos firmados de maneira irregular pela gestão interina, comprovadamente prestaram serviço à Prefeitura Municipal de São Lourenço da Mata.

Decreto

O objetivo do Decreto 007/2018 é fazer justiça: quem tiver comprovado, perante a Comissão de Procedimento Administrativo, que realmente trabalhou nos meses de janeiro e fevereiro receberá sua indenização na forma da lei.

Medida provisória

O decreto complementa a Medida Provisória 001/2018, que criou uma auditoria para investigar contratos irregulares de servidores admitidos sem concurso público entre setembro de 2017 e janeiro de 2018, quando o vice-prefeito Gabriel Neto administrou a cidade. Entre as categorias que foram contratadas de maneira ilegal estão funções essenciais, como garis, guardas municipais, coveiros e outras mais. “Procuramos o modo mais justo para não deixar famílias inocentes sem assistência. Por isso, determinamos que, se há realmente provas de que a pessoa realizou o serviço, seja indenizada”, afirma o prefeito Bruno Pereira.

Recebendo

Para receber a indenização a que tem direito, diz o decreto, “deverão constar necessariamente o nome na folha de pagamento de meses anteriores e a declaração do chefe imediato indicando a qualificação completa, função.

Investigação

A auditoria realizada pela Prefeitura já identificou centenas de contratações irregulares. Elas foram realizadas após a gestão interina demitir, em 31 de dezembro do ano passado, todos os contratados e, subsequentemente, readmitidos temporariamente “por excepcional interesse público”, de acordo com circular assinada pelos então secretário de Governo, Fábio Júnior Alves, e de Administração, João Vianey Negromonte, em 4 de janeiro deste ano. “Além da falta de documentos e da comprovação de quem efetivamente trabalhou, a folha de pagamentos tinha nomes em duplicidade e até servidores dispensados há mais de seis meses que continuavam recebendo”, explica o controlador-geral do município, Felipe Silva.

Fernando Monteiro recebe apoio de Gilmar Freire

O deputado federal Fernando Monteiro recebeu, neste sábado (17), o apoio do empresário Gilmar Freire e de expressivas lideranças políticas de Belém do São Francisco, no Sertão. Estão com o parlamentar, além de Freire, cinco vereadores de mandato, dois suplentes e outros atores importantes da cidade. 

Apoio

O ato de oficialização de apoio ganhou ainda mais representatividade com as participações de prefeitos do Sertão que também votam em Fernando, a exemplo de Humberto Mendes (Santa Maria da Bo Vista), Josimara Cavalcanti (Dormentes), Doutor Rafael (Afrânio) e Marcílio Cavalcante (Cabrobó), além de Júlio Lossio Filho, que representou o pai, Júlio Lossio.

Trabalho

Fernando Monteiro se comprometeu em trabalhar muito para assegurar obras e recursos, federais e estaduais, para que o grupo de Freire ajude ainda mais Belém do São Francisco a se desenvolver. O deputado também fez menção às palavras dos prefeitos aliados.

A fala de Fernando

“Saí de Belém muito animado em poder ser o representante de um grupo forte, unido e com muitos serviços prestados ao município. Disse a Freire e aos presentes na reunião que vou trabalhar com muito afinco por Belém do São Francisco, para assegurar ações dos governos Federal e Estadual para a cidade. Tenham certeza que meu empenho será muito grande”, destacou Fernando Monteiro.

Violência contra a mulher tem cor, garante Deputado Estadual Bispo Ossesio

A Lei Maria da Penha completou 11 anos. É uma legislação considerada pelas Nações Unidas como a terceira melhor do mundo no combate à violência contra a mulher, atrás apenas da Espanha e do Chile. No entanto, esse tipo de violência ainda é um desafio. Este foi um trecho do artigo feito pelo deputado Ossésio Silva na Alepe.

Números

Pernambuco ocupa a 17ª posição no ranking nacional de violência contra a mulher, em taxas de homicídio, segundo o Atlas da Violência 2017. No entanto, para as mulheres negras a situação ainda é pior, elas sofrem dupla discriminação por ser mulher e ser negra e por isso, são as mais violentadas.

Vale do São Francisco vai exportar manga para a África do Sul

O Vale do São Francisco, que movimentou no ano passado US$ 213 milhões com a exportação de 150 mil toneladas de manga para países como a Holanda, Estados Unidos e Espanha, vai ampliar esses números muito em breve com a conquista do mercado da África do Sul.

Bons números

Encerrou-se nesta sexta-feira (16), em Petrolina – PE, a visita de uma missão sul-africana que veio avaliar o sistema de produção e cuidados fitossanitários para estabelecer a importação da fruta até o final desse ano. Desde a última segunda-feira (12), os inspetores federais do Ministério da Agricultura da África do Sul, Nkeetula Abram e Godfrey Markhu Bele, conheceram de perto os pomares e os packing house de seis fazendas produtoras de manga, entre Pernambuco e Bahia.

Em Condado, Armando entrega requalificação de hospital e equipamentos para Saúde

Em cerimônia no município de Condado, na Mata Norte, o senador Armando Monteiro (PTB-PE) prestigiou a entrega da requalificação do hospital municipal João Pereira de Andrade. Sob o comando do prefeito Antônio Cassiano (PTB), a solenidade contou com as presenças dos deputados estaduais José Humberto Cavalcanti (PTB) e Teresa Leitão (PT), e federal Jorge Côrte Real (PTB), além de vereadores, secretários e lideranças da região. Na ocasião, Antônio Cassiano também entregou um ônibus TFD e uma ambulância para assistência à população.

No ritmo da campanha ao governo de Pernambuco

Sob a gestão do prefeito Antônio Cassiano, foi concluída a primeira etapa da reforma do hospital João Pereira de Andrade, que incluiu a ampliação das salas Vermelha e de Parto. A obra teve o custo de R$ 300 mil. A segunda etapa prevê, de acordo com a Prefeitura, a ampliação das salas para consultas médicas, reforma da Enfermaria e do Necrotério, além de aquisição de novos equipamentos. Esse serviço, que deverá ser iniciado nos próximos meses, será executado com recursos de uma emenda viabilizada por Armando Monteiro, no valor de R$ 300 mil.

Discurso

No discurso, Armando Monteiro ressaltou a capacidade de articulação do prefeito Antônio Cassiano para executar obras e mudar a realidade do povo de Condado. “É muito bom saber que, em pouco tempo, o prefeito tem correspondido às expectativas da população, trabalhando seriamente, buscando parcerias em Brasília. Eu sou testemunha de que você tem percorrido os ministérios em busca de recursos para Condado. A requalificação do hospital é um exemplo disso, que agora passa a ser dotado de novos equipamentos”, afirmou.

Fora da cadeia?

Em maio, a defesa de Eduardo Cunha deverá entrar com pedido na Justiça Federal para o ex-deputado cumprir em casa o restante da pena de sua primeira condenação na Lava Jato. A sentença de 15 anos e quatro meses de reclusão, por corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas foi reduzida para 14 anos e seis meses, no TRF-4. O ex-deputado terá cumprido um sexto da pena.

Ex-deputado ladrão

A acusação é ter recebido cerca de R$ 5 milhões como propina, na venda de um campo de exploração de petróleo em Benin, na África. Tanto seus advogados quanto Cunha, contudo, sabem que o pleito não resultará em liberdade na prática.

COMENTÁRIOS dos leitores