Aldo Vilela

Aldo Vilela

Jornalista

Os Blogs Parceiros e Colunistas do Portal LeiaJa.com são formados por autores convidados pelo domínio notável das mais diversas áreas de conhecimento. Todos as publicações são de inteira responsabilidade de seus autores, da mesma forma que os comentários feitos pelos internautas.

A vez de Pernambuco

Aldo Vilelasex, 10/11/2017 - 11:56

Numa ação pesada a Polícia Federal  deu uma pancada forte no Governo de Pernambuco. Como todos sabem a operação mirou fraudes praticadas pelo Estado desde as cheias de 2011. E depois da audiência de custódia realizada na tarde desta quinta (9), na sede da Justiça Federal,  a justiça determinou que os quatro militares presos pela Polícia Federal (PF) deveriam seguir  para um presídio da Polícia Militar em Paudalho, na Mata Norte de Pernambuco. O outro militar julgado vai ficar preso em regime domiciliar, com monitoramento através de tornozeleira eletrônica. Os coronéis Fábio de Alcântara Rosendo e Roberto Gomes de Melo Filho, além do coronel aposentado Waldemir José Vasconcelos de Araújo, seguiram para a Academia da Polícia Militar, em Paudalho, em cumprimento à ordem de prisão temporária pelo prazo de 5 dias já o  tenente-coronel Laurinaldo Félix do Nascimento vai ser monitorado por tornozeleira eletrônica . O governo divulgou apenas uma nota acusando a PF de uma ação espetacularizada e que não precisa disso, será?

Descobramentos

Essa operação feita pela PF aqui no governo e Pernambuco ainda vai render muito. Politicamente a situação de Paulo Câmara fica complicada e a ação da oposição vai se basear no ocorrido. Vão fazer isso durar até o ano que vem.

Ação bandida

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) destituiu o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) da presidência interina do PSDB. Aécio divulgou uma nota dizendo que  o motivo é a "desejável isonomia" entre os candidatos que disputarão o comando da sigla em dezembro.

Aécio agindo a mando de Temer

A candidatura do senador  Jereissati foi oficializada na última quarta-feira. Ele vai ter  como adversário na disputa o governador Marconi Perillo (PSDB-GO), que tem o apoio do grupo ligado a Aécio.

Até lá!

O partido será presidido de forma interina pelo ex-governador de São Paulo Alberto Goldman, esta foi a maneira do senador propineiro Aécio neves ajudar o presidente Michel Temer em suas investidas contra o Brasil.

Reações

O senador tucano Cássio Cunha Lima se manifestou e bateu em Aécio, o  vice-presidente do Senado, disse que a destituição de Tasso Jereissati do posto de presidente interino do PSDB tem as digitais de Michel Temer.

Farinha Pouca meu pirão primeiro

Deputados que estiveram com a presidente do STF, Cármen Lúcia, relataram que ela manifestou preocupação com a aprovação do projeto que acaba com os supersalários.

Os  motivos

A ministra teria dito que, se ele for votado como está, “o Congresso pode destruir o Judiciário”. Será? Qual a razão para tanto medo? Cármen Lúcia teria demonstrado especial preocupação com o possível corte de auxílios a juízes que atuam em condições insalubres ou em lugares de difícil acesso.

Adeus a operação lava jato

O presidente Michel Temer recebeu fora de sua agenda oficial, no sábado (4), o ex-presidente José Sarney para acertar quem iria comandar a polícia Federal .

Sarney ainda vive

Esse câncer da política nacional, o ex – senador José Sarney  que ainda é um morto vivo e muito vivo no Planalto, chegou ao Jaburu no sábado, após reuniões entre Temer, o ministro Moreira Franco Secretaria – Geral e o líder do governo no Senado, Romero Jucá (RR).Podem anotar será o fim das operações e investigações contra estes políticos bandidos.

Reunião da máfia

Todos os citados acima ao menos os políticos estão envolvidos em inúmeras denúncias e decidiram quem iria ser alçado ao posto de comandante da Polícia Federal. As raposas estão com a chave do galinheiro.

COMENTÁRIOS dos leitores