Luiz Mendes

Luiz Mendes

Deixa que eu chuto

Perfil: Graduado em Jornalismo pela Faculdade Maurício de Nassau. Começou a carreira trabalhando em rádio e atualmente é editor de esportes do LeiaJá

Os Blogs Parceiros e Colunistas do Portal LeiaJa.com são formados por autores convidados pelo domínio notável das mais diversas áreas de conhecimento. Todos as publicações são de inteira responsabilidade de seus autores, da mesma forma que os comentários feitos pelos internautas.

Santa Cruz mais uma vez no colo da FPF

Luiz Mendesqua, 08/10/2014 - 09:28
Chico Peixoto/LeiaJáImagens

Os maus resultados dentro de campo nos últimos oito anos fizeram do Santa Cruz o time mais beneficiado pela Federação Pernambucana de Futebol. Esse apoio está longe das teorias conspiratórias de que o tricolor da Arruda fosse favorecido pela arbitragem para conseguir o tricampeonato estadual.

A reunião do Conselho Arbitral que definiu a fórmula de disputa mostra mais uma vez o coitadismo coral. Em 2008 o Campeonato Pernambucano teve o regulamento mais esdrúxulo da sua história, tudo para ajudar o Santa, como confirmou tempos depois o então presidente da Federação, Carlos Alberto Oliveira.

Em 2015, os tricolores não participarão do 1º turno da competição, que é destinado para equipes que não estarão disputando a Copa do Nordeste. Mesmo não participando do torneio regional, o Santa Cruz não disputará a primeira fase, que começa ainda este ano, com a prerrogativa de que times da Séries A e B não podem participar de estaduais antes do mês de fevereiro, para que sejam respeitadas o período de férias do atletas.

Na Copa do Nordeste o tricolor também quer entrar na marra, depois de ser barrado na bola. A justificativa seria um acordo firmado com a direção da liga, mas está cada vez mais difícil essa virada de mesa coral. 

A apaixonada torcida tricolor não merece ver o clube mendigando benefícios nas competições. Nada disso seria necessário se o time fizesse por onde dentro de campo e os dirigentes agissem corretamente no dia a dia.

3 dentro

- Givanildo Oliveira. O treinador de métodos ortodoxos é um dos principais responsáveis pela reação do América-MG após ser punido tendo pontos retirados. O pernambucano venceu Santa Cruz e Náutico nas últimas rodadas, clubes onde já teve passagens.

 - Uefa. Os cartolas europeus estão dispostos a não tolerarem mais posições racistas no futebol. Exemplo disso é a punição dada ao presidente da Federação Italiana de Futebol, Carlo Tavecchio. O mandatário italiano fez comentários racistas ao comparar o futebol inglês com o do seu país.

- Ginástica Olímpica. Talvez em outra modalidade um sexto lugar não fosse tão valorizado, mas para a ginástica masculina brasileira o resultado é um marco no esporte nacional. O feito conquistado por Arthur Nory Mariano, Arthur Zanetti, Diego Hypolito, Francisco Barretto, Lucas Bitencourt e Sérgio Sasaki aumenta as esperanças que um bom resultado como esse se repita nas Olimpíadas de 2016

3 fora

- Santa Cruz. O meia Natan está suspenso por puro amadorismo do departamento de fubol coral. O jogador recebeu o terceiro cartão amarelo e está fora da partida contra a Ponte Preta por ter entrado em campo com a camisa errada. Na relação da arbitragem o atleta aparecia com o número 19 e entrou no gramado estampando o número 18 na costas.

- Thomaz Bellucci. Após um ótimo desempenho na Copa Davis, o principal tenista brasileiro volta à rotina de decepções. A participação de Bellucci no Challenger de Rennes durou apenas uma rodada. O tenista foi derrotado por Marsel Ilhan após disperdiçar três match points.

- Náutico. O time comandado por dado Cavalcanti vinha em uma crescente na Série B, mas a goleada sofrida para o América-MG foi um balde de água fria no torcida alvirrubra. Ainda há esperanças que o time volte a ameaçar brigar pelo G4, desde que não se repita a atuação apresentada na noite de ontem na Arena Pernambuco.

COMENTÁRIOS dos leitores