Silvano Brito

Silvano Brito

Fitness e Nutrição

Perfil: Nutricionista, Educador Físico, ex atleta de Fisiculturismo e Atletismo.Pós Graduado em Nutrição Esportiva, musculação e atividade física em Academias de Ginástica.

Os Blogs Parceiros e Colunistas do Portal LeiaJa.com são formados por autores convidados pelo domínio notável das mais diversas áreas de conhecimento. Todos as publicações são de inteira responsabilidade de seus autores, da mesma forma que os comentários feitos pelos internautas.

Guaraná da Amazônia "Energético Nacional"

Silvano Britoseg, 12/09/2011 - 11:11

Esta planta Brasileira faz parte de um grande número de suplementos utilizados para ajudar no emagrecimento, com seu efeito estimulante, supressor do apetite e promotor da termogenese.

Os índios da Amazônia quando se preparam para suas longas caçadas, raspam o grão do guaraná na língua do Pirarucu e bebem antes de partir, isto lhes dá uma grande energia e os deixam em estado de alerta por várias horas.

O mais importante principio ativo do guaraná é a cafeína, mas já foram descobertos outros compostos importantes como polifenóis e saponinas. A   concentração de cafeína encontrada no guaraná é 4% a 5% contra apenas 1% encontrado no café.

Em termos de desempenho físico o guaraná mobiliza o metabolismo das gorduras, poupando o glicogênio, isso faz com que a performance física seja melhorada. A cafeína estimula o centro inibidor do apetite do hipotálamo e dessa forma funciona como um supressor da fome.

As doses diárias de guaraná em pó variam de 200mg a 2.000mg, porém não é recomendada a administração de doses por vez superiores a 200mg (uma colher de chá). Consulte sempre um nutricionista para lhe prescrever a dose correta e saber se você pode fazer uso do guaraná. O pó do guaraná da Amazônia não deve ser usado por gestantes e nem por crianças.

COMENTÁRIOS dos leitores