Sintepe denuncia Secretaria de Educação ao MPPE

Órgão comprovou que reajuste no salário de servidores está em desacordo com o Plano de Cargos da pasta

Sintepe denuncia Secretaria de Educação ao MPPE

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), instaurou um  Procedimento Administrativo que visa apurar o impacto do reajuste salarial para a maioria dos trabalhadores da educação, inclusive aposentados. O reajuste estaria em desacordo com o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos da Educação em Pernambuco. 

A denúncia foi feita pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Pernambuco (Sintepe), em 3 de agosto ao MPPE. O Sintepe comprovou através de análise técnica do DIEESE, que a Lei Complementar 519/2023 igualou os vencimentos de professores da rede estadual com diversos níveis de formação e tempo de serviço público, causando uma grande distorção na categoria. 

O MPPE vai ouvir a Secretaria de Educação e Esportes sobre os argumentos citados pelo Sintepe.