Jaboatão prorroga seleções com 297 vagas para a saúde

Processo seletivos têm oportunidades para médicos e demais profissionais

por Elaine Guimarães qui, 16/06/2022 - 17:14
Chico Bezerra/PJG Unidade de Sáude localizada em Jaboatão dos Guararapes Chico Bezerra/PJG

A Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, prorrogou os dois processos seletivos com vagas para a área da saúde. A primeira seletiva reúne 225 vagas para atuação na Secretaria Municipal de Saúde e tem remuneração que vai até R$ 4.405,16. Já a segunda seleção oferta 72 oportunidades para médicos e possui salários de até R$ 13.412,44.

Os interessados em participar dos processos seletivos devem lançar candidaturas através do site ou comparecer à Secretaria de Saúde, situada na Avenida Barreto de Menezes, 1648, em Prazeres. As contratações são em caráter imediato.

Na primeira seletiva há opções para os cargos de assistente social (5), atendente de farmácia (7), auxiliar de saúde bucal (23), biomédico (1), condutor socorrista (25), enfermeiros (59), farmacêutico (3), farmacêutico bioquímico (1), fonoaudiólogo (2), nutricionista (1), odontólogo (22), psicólogo (5), químico (2), sanitarista (3), técnico de enfermagem (59), técnico de laboratório (2) e terapeuta ocupacional (5).

Para o segundo processo seletivo, as oportunidades são para as funções de médico cardiologista (3), clínico geral (6), médico do trabalho (1), endocrinologista (1), médico da Estratégia da Saúde da Família (29), ginecologista e obstetra (3), infectologista (2), intervencionista Samu (4), neurologista adulto (1), neurologista infantil (2), ortopedista (1), pediatra (4), pneumologista (1), psiquiatra adulto (8), psiquiatra infantil (1), psiquiatra Raps (2), reumatologista (1), urologista (1) e médico vascular (1).

Os contratos são temporários  e terão duração de 12 meses, podendo ser prorrogados pelo mesmo período. Os profissionais selecionados atuarão na Policlínica Marcos Freire, que será inaugurada, no Centro de Assistência Psicossocial 24h (Caps), no Centro de Assistência Psicossocial – Álcool e Drogas (Caps AD) e nas unidades de saúde. A avaliação dos candidatos será feita pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Econômico e Social dos Municípios (ABDESM).

COMENTÁRIOS dos leitores