Novas unidades das Pernambucanas devem gerar 600 empregos

Em entrevista ao LeiaJá, o CEO da marca, Sérgio Borriello, falou sobre as vagas e processo seletivo para retomada a Pernambuco

por Elaine Guimarães sex, 20/05/2022 - 15:09
Divulgação Lojas Pernambucanas inaugurada em Caruaru Divulgação

   Após cerca de 25 anos, as lojas Pernambucanas estão de volta, fisicamente, a Pernambuco. Apostando na memória afetiva e no momento de retomada depois do período mais crítico da pandemia da Covid-19, a marca já contabiliza três lojas no Estado. Ao todo, serão 12 em 2022 e com previão de novas aberturas no ano seguinte. Entre os municípios que receberão o empreendimento estão Jaboatão do Guararapes e Paulista, cidade onde tudo começou.

"Nestes últimos anos, abrimos 56 lojas e voltamos ao Nordeste. Em Recife, a gente inaugurou duas lojas no ano passado, no centro da cidade epor Elaine Guimarães sex, 20/05/2022 - 15:09

Divulgação Lojas Pernambucanas inaugurada em Caruaru Divulgação

   Após cerca de 25 anos, as lojas Pernambucanas estão de volta, fisicamente, a Pernambuco. Apostando na memória afetiva e no momento de retomada depois do período mais crítico da pandemia da Covid-19, a marca já contabiliza três lojas no Estado. Ao todo, serão 12 em 2022 e com previão de novas aberturas no ano seguinte. Entre os municípios que receberão o empreendimento estão Jaboatão do Guararapes e Paulista, cidade onde tudo começou.

"Nestes últimos anos, abrimos 56 lojas e voltamos ao Nordeste. Em Recife, a gente inaugurou duas lojas no ano passado, no centro da cidade e no Shopping RioMar. Para este ano, temos uma programação importante para chegar, até o final deste ano, com 12 lojas em Pernambuco", conta em entrevista ao LeiaJá o CEO da Pernambucanas, Sérgio Borriello.

Atualmente, de acordo com Borriello, a marca contabiliza 473 lojas e, até o término de 2022, a estimativa é que haja mais de 500 filiais. “A gente deve fechar [2022] no Nordeste cerca de 40 lojas até o final do ano e a previsão são 12 unidades em Pernambuco”. No cronograma da marca, os novos empreendimentos estão previstos para: julho - Shopping River (Petrolina) e Prazeres (Jaboatão dos Guararapes); agosto - Vitória de Santo Antão e Shopping Tacaruna (Recife); setembro: Paulista; dezembro: Shopping Guararapes (Jaboatão dos Guararapes).

Vagas em Pernambuco

À reportagem, o CEO aponta que cada unidade gera aproximadamente entre 25 e 30 postos de trabalho diretos e indiretos. “As 12 lojas em Pernambuco devem gerar algo em torno de 300 empregos diretos. A nossa estimativa de empregos indiretos é que tenha duas vezes isso. Então, estamos falando de cerca de 600 empregos nessas lojas de Pernambuco até o final deste ano”.

Questionado sobre quais cargos serão abertos no Estado, Sérgio Borriello ressalta que a marca trabalha com o desenvolvimento de pessoas. "As pessoas sempre começam como assessores. Então, depois disso, a gente oferece um programa de desenvolvimento para transformar assessores em líderes, de líderes para supervisores e, em seguida, para gerente. Esses assessores podem ser de caixa, de mostruário, vendedores, entre outros", explica.

Para vagas futuras que surgirão com a chegada das novas filiais no Estado, o representante das Pernambucanas fala que o processo seletivo é realizado através de uma plataforma de recrutamento. As novas seletivas, segundo Borriello, seguem o cronograma de abertura das lojas, ou seja, as oportunidades recebem candidaturas em um período de 30 a 45 dias antes da inauguração do estabelecimento.

COMENTÁRIOS dos leitores