Como fica o uso de máscaras nas universidades e IFs de PE?

Na manhã desta terça, o Governo de Pernambuco liberou o uso de máscaras em locais fechados

Como fica o uso de máscaras nas universidades e IFs de PE?

O Governo de Pernambuco anunciou, nesta terça-feira (19), a l iberação do uso de máscaras em locais fechados a partir desta quarta-feira (20). No entanto, em alguns lugares o uso do item continua obrigatório. Entre os espaços pontuados pelo governador, Paulo Câmara, estão ônibus, metrôs, assim como os locais de acesso, ou seja, embarque e desembarque de passageiros, hospitais, consultórios e demais unidades de saúde do Estado e escolas.

Diante da flexibilização no Plano de Convivência, o LeiaJá entrou em contato com a Universidade de Pernambuco (UPE), Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Universidade Federal Rural de Pernambuco, Instituto Federal de Educação e Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE) e Universidade Católica de Pernambuco. Confira os posicionamentos:

UFPE

A assessoria da universidade disse à reportagem que o uso de máscaras continua obrigatório, mantendo, assim, as diretrizes atuais. No entanto, na próxima semana o GT-Covid da UFPE se reunirá para uma discussão do tema.

UFRPE

Por meio de nota, a comunicação da UFRPE confirmou que continuará a exigir o uso do item em ambientes internos. “Apesar do anúncio da liberação do item pelo Governo de Pernambuco, a partir desta quarta (20/04), a Instituição mantém a medida de proteção. O Comitê de Acompanhamento da Covid-19 na UFRPE permanece monitorando a situação para possíveis novas determinações”, explica o comunicado.

IFPE

Também através da assessoria de comunicação, o instituto ressalta que a instituição de ensino se enquadra na categoria escola, logo, o uso de máscaras é obrigatório.

UPE

Questionada sobre a flexibilização do item, a comunicação da Universidade de Pernambuco informou, por meio de nota, que permanece obrigatório o uso “correto de máscara por toda comunidade acadêmica (docentes, discentes, técnico-administrativo e prestadores de serviços) e visitantes nos ambientes da Universidade de Pernambuco (fechados ou aberto)”. 

Unicap

A reportagem entrou em contato, por telefona, com a universidade que, também por meio da assessoria, respondeu aguardará a publicação do decreto estadual para divulgar o posicionamento.

Outras

A reportagem também realizou contato com a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e Instituto Federal do Sertão de Pernambuco (IFSertão), no entanto, ainda não tivemos retorno.