Veja como se preparar para as provas de fim de ano

Professor da UNG dá dicas importantes para finalizar o ano com chave de ouro

por Alfredo Carvalho qui, 25/11/2021 - 21:38
Pixabay/Hatice Erol Pixabay/Hatice Erol

Apesar do final de ano ser marcado pelas comemorações festivas, a data também se configura como um período de tensão e ansiedade para muitos estudantes, que enxergam as provas finais como um verdadeiro bicho papão.

Para tornar o caminho menos frustrante, a equipe do LeiaJá conversou com o publicitário, coach e professor dos cursos de Comunicação da Universidade Guarulhos (UNG) Rodolfo Nakamura, que lembrou sete dicas que podem ajudar a fechar mais um ano acadêmico e prosseguir com os estudos.

Segundo Nakamura, uma orientação essencial que deveria ser dada no início do semestre, é prestar atenção às aulas e realizar todas as anotações possíveis. Caso isso não tenha sido feito, procure rever a matéria, junto ao que foi anotado. “Faça isso com antecedência, antes do dia da prova. Lembre-se de que imprevistos acontecem, então é melhor estudar nos dias anteriores, para ter certeza de que dará tempo”, recomenda.

Para os estudantes que ainda estão em regime remoto, Nakamura aconselha reassistir algumas gravações de aulas, principalmente aquelas que se mostraram mais difíceis ou que a atenção não foi satisfatória. “Aproveite para também dar uma passada nos materiais que os professores disponibilizaram nas plataformas de ensino”, orienta.

Embora a rotina do dia-a-dia nem sempre seja tranquila, Nakumura lembra que é importante tentar se programar para chegar o mais cedo possível no local da prova (em caso de provas presenciais), respirar fundo e relaxar.

O professor alerta para não ter pressa em responder às questões da prova e pede para que o aluno leia todas as perguntas com muita atenção, responda primeiro as que ele considerar mais fáceis, depois as médias e por fim as mais difíceis. “Também é comum várias questões tratarem de temas semelhantes ou do mesmo tema, por conta disso, dicas importantes podem aparecer nas demais questões”, pontua Nakamura.

A pressa é inimiga da perfeição e, durante uma prova, ela também pode ser prejudicial. Por conta disso, o professor salienta que o aluno não deve se precipitar em responder todas as perguntas, só para sair mais cedo. “A desatenção pode custar pontos importantes na sua média final. Nas questões dissertativas, organize as ideias antes de começar a escrever”, explica Nakamura.

Outra dica importante do professor é utilizar o tempo final de prova para revisar todas as respostas. “Nas questões dissertativas, observe grafia, pontuação e certifique-se de que as ideias foram transmitidas claramente”, recomenda Nakamura.

Por último, mas não menos importante, Nakamura acentua que o aluno precisa conferir as questões objetivas, para garantir que marcou a opção correta. “Se houver gabarito, faça a transposição das respostas com calma e atenção”, finaliza.

COMENTÁRIOS dos leitores