MEC pede vacinação de pessoas que elaboram o Enem 2021

Solicitação foi feita por Milton Ribeiro ao Ministério da Saúde. Prova está prevista para o fim deste ano

por Nathan Santos ter, 04/05/2021 - 18:06
Rafael Bandeira/LeiaJáImagens/Arquivo Milton Ribeiro, ministro da Educação Rafael Bandeira/LeiaJáImagens/Arquivo

Em texto enviado à imprensa na tarde desta terça-feira (4), o Ministério da Educação (MEC) revelou que, recentemente, solicitou ao Ministério da Saúde a vacinação contra Covid-19 de profissionais do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Segundo a pasta, a ideia é que sejam imunizados os colaboradores que trabalham “diretamente” na elaboração do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), edição 2021.

O MEC argumenta que, diante da relevância do Enem para as “políticas públicas educacionais”, é essencial a imunização dos colaboradores que atuarão, durante “longos períodos”, na elaboração do Exame. No total, 39 pessoas poderão ser vacinadas contra o novo coronavírus, caso o Ministério da Saúde acate a recomendação do MEC.

“Diante disso e da relevância nacional do Enem para as políticas públicas educacionais, o ministro da Educação – Milton Ribeiro - encaminhou o pedido ao Ministério da Saúde, solicitando a vacinação dos 39 colaboradores, que trabalham durante longos períodos em ambiente seguro no Inep sem janelas, para que o Enem 2021 seja elaborado e realizado com a qualidade e a segurança desejável para essa importante atividade”, destacou o Ministério da Educação.

A prova do Enem ainda não teve o cronograma definido por sua organização. O MEC se limita a informar que o planejamento do processo seletivo está em andamento e que a aplicação deverá ocorrer no “final deste ano”. Com as notas do Enem, estudantes participam do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), meio de ingresso em universidades e institutos federais.

COMENTÁRIOS dos leitores