Exército abre seleção com salários de até R$ 10 mil

Período de inscrição começa nesta quarta-feira (24)

por Rachel Andrade seg, 22/02/2021 - 16:30
Paulo Uchôa/LeiaJáImagens/Arquivo . Paulo Uchôa/LeiaJáImagens/Arquivo

O Comando do 1º Grupamento de Engenharia do Exército Brasileiro anuncia a realização de um novo Processo Seletivo, para contratação de Pessoal Civil, em caráter temporário. Os salários variam entre R$ 3.719,79 a R$ 10.887,56, de acordo com o grau de instrução e cargo que cada candidato selecionado ocupará. O período de inscrições será de 24 de fevereiro até 9 de março. As avaliações têm data prevista para 23 de abril.

As vagas foram abertas para suprir as funções temporárias e excepcionais de reformas e serviços de engenharia relacionados à obra de implantação da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL), que liga a cidade de Ilhéus na Bahia até Figueirópolis, no Tocantins. As oportunidades são para trabalhar em Santa Maria da Vitória/Correntinha, no estado da Bahia, entre as seguintes funções: engenheiro civil - nível sênior com experiência em ferrovia; Chefe de campo de Terraplenagem; Técnico de Laboratório de solos; Motorista CNH Categoria D; Operador de Escavadeira Hidráulica; Operador de Motoniveladora; e Operador de Recicladora.

Para concorrer às vagas ofertadas, os interessados devem enviar, de forma presencial ou por correspondência, a ficha de inscrição, presente no site do 1º Grupamento de Engenharia, e também disponível através deste link. Os locais físicos para cadastro são:

Barreiras - BA: ​4º Batalhão de Engenharia de Construção​ − BR 020/242, Km 3, Bairro Morada Nobre;

Vitória da Conquista - BA: ​Tiro de Guerra 06/006, Praça Sá Barreto, nº 43, Centro, Vitória da Conquista, Bahia;

Montes Claros - MG: 55º Batalhão de Infantaria, Avenida do Exército, s/n, Bairro Santo Antônio II, s/n, Bairro, Santo Antônio II.

O pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$45,00, deve ser efetuado por meio da Guia de Recolhimento da União (GRU). Como parte da seleção, também serão aplicados outros critérios de classificação, como avaliação biopsicossocial, para todos os candidatos, e aferição fenotípica aos candidatos autodeclarados negros/pardos que sejam convocados.

COMENTÁRIOS dos leitores