Fundador da UNG, Antônio Veronezi morre de Covid-19

Um dos nomes mais importantes para a educação em Guarulhos, empresário estava internado desde 23 de novembro no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo

por Alex Dinarte ter, 12/01/2021 - 14:59
Reprodução / Alesp O empresário Antônio Veronezi, fundador da UNG Reprodução / Alesp

Considerado um dos empresários mais importantes de Guarulhos nas últimas cinco décadas, Antônio Veronezi morreu vítima da Covid-19, aos 77 anos. O fundador da Universidade Guarulhos (UNG) e um dos donos da Universidade Santo Amaro (Unisa) estava internado desde 23 de novembro no Hospital Sírio-Libanês, na capital paulista, mas não resistiu às complicações da doença.

Paulistano de nascimento, Veronezi tinha uma relação de carinho com Guarulhos. O professor, que chegou à cidade para lecionar no antigo Colégio Claretiano no fim da década de 1960, juntou-se a outros sete sócios para adquirir a escola, que se tornaria a Faculdade de Filosofia e Letras Farias Brito, instituição que deu origem à UNG. Embora não fosse mais o dono da universidade desde 2016, quando a instituição foi adquirida pelo Grupo Ser Educacional, Veronezi era um dos proprietários do grupo gestor General Shopping Brasil. Com a empresa, ele mantinha o vínculo com a cidade na administração do Parque Shopping Maia e do Shopping Bonsucesso.

Dono de prêmios e honrarias, como o Colar de Honra ao Mérito da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), Veronezi deixa esposa e três filhos.

COMENTÁRIOS dos leitores