Programas de residência inscrevem até esta terça (5)

São oferecidas 1,5 mil vagas, sendo distribuídas 903 aos programas de residência médica e outras 621 para as áreas profissionais de saúde

por Maya Santos seg, 04/01/2021 - 09:55
Pexels Os selecionados terão uma bolsa de residência no valor de R$ 3.330,43 Pexels

Encerra, nesta terça-feira (5), o prazo para inscrições nos programas de residência médica e na área profissional de saúde promovidos pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE). São oferecidas 1,5 mil vagas, sendo distribuídas 903 aos programas de residência médica e as demais 621 para as áreas profissionais de saúde, nas modalidades uni ou multiprofissional.

Para participar, é necessário que os interessados realizem as candidaturas por meio do site Upenet. Além disso, até o dia 6 de janeiro, os inscritos devem pagar uma taxa no valor de R$ 290 para residência em área profissional de saúde, ou R$ 490 para residência médica, conforme explica o edital da seletiva.

Neste mesmo prazo, os candidatos devem enviar as comprovações exigidas no edital, via Sedex, para a Comissão de Concursos do Instituto de Apoio a Universidade de Pernambuco (Conupe-Iaupe).

Seleção

Serão duas etapas para avaliação dos candidatos. A primeira será no próximo dia 15 de janeiro para as vagas de residência médica, e no dia 7 de fevereiro para a área profissional de saúde. A banca avaliadora ainda fará uma análise curricular para ambos os programas de residência.

O resultado final será divulgado no dia 9 de fevereiro, para a categoria médica, e no dia 19 do mesmo mês para a área profissional de saúde. Os selecionados terão uma bolsa de residência no valor de R$ 3.330,43, e iniciarão as atividades a partir do dia 1º de março deste ano. Os programas duram de um a cinco anos, segundo explica edital.

Para sanar dúvidas, basta enviar e-mail para iaupe.residenciamedica2021@gmail.com, no caso de candidatos à residência médica, ou iaupe.residenciamulti2021@gmail.com, para pleiteantes à área profissional de saúde. Confira o edital de residência médica e o de residência multiprofissional.

COMENTÁRIOS dos leitores