Aulas para rede municipal começam a ser transmitidas na TV

A primeira aula foi transmitida nesta segunda-feira (10) e pode ser revisada pelo YouTube

por Aurilene Cândida ter, 11/08/2020 - 13:42
Pixabay Transmissão está sendo feita pela TV da Alepe, canal 28.2 Pixabay

O programa “Escola do Futuro em Casa na TV” iniciou a transmissão nesta segunda-feira (10) pela TV da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), canal 28.2, com aulas destinadas aos estudantes da educação infantil ao 5º ano do ensino fundamental. Primeira aula pode ser revisada pelo canal no YouTube.

Com essa iniciativa a Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Educação, amplia as estratégias pedagógicas para alcançar de forma mais abrangente a comunidade escolar neste momento de suspensão das aulas presenciais em decorrência do novo coronavírus. 

Vale lembrar que os conteúdos dos blocos de atividades construídos de acordo com a Política de Ensino da Rede Municipal do Recife também estarão disponíveis na internet. A Prefeitura do Recife ressaltou que com o início da transmissão pela TV os alunos têm acesso a programas educativos lúcidos, com orientações pedagógicas para cada modalidade de ensino. O programa diário, que tem duração de uma hora, entrou no ar nesta segunda-feira (10), às 8h, e é reprisado toda noite, das 18h às 19h. O conteúdo também pode ser revisto no YouTube, pelo canal da Alepe.

Em um cenário composto por elementos lúdicos, que conversam com a temática do dia, e um telão de apoio, os professores em função técnica da Gerência de Alfabetização e Letramento apresentam o conteúdo. Cada dia da semana será destinado a uma fase de ensino, confira: 

Segunda-feira: 1º Ano e Se Liga;

Terça-feira: 2º e 3º Ano;

Quarta-feira: Acelera, 4º e 5º Ano;

Quinta-feira: Acelera, 4º e 5º Ano;

Sexta-feira: Educação Infantil.

Para os alunos dos Anos Iniciais e correção de fluxo, os componentes curriculares serão abordados de forma lúdica, sendo 20 minutos para Língua Portuguesa, 20 minutos para Matemática, dez minutos para Ciências Naturais e dez minutos para Ciências Humanas. Nas sextas-feiras, o programa será destinado para Educação Infantil (2 a 5 anos). Para os alunos do berçário e grupo 1, o professor dará, durante dez minutos, orientações e dicas de como os pais podem estimular o desenvolvimento dos bebês. Na sequência, serão 25 minutos de atividades lúdicas para crianças dos grupos 2 e 3, e, por fim, 25 minutos com atividades lúdicas para crianças dos grupos 4 e 5.

A Prefeitura do Recife ressaltou que todos esses alunos já estão realizando atividades pedagógicas, que são orientadas pelos professores de cada turma, e o programa televisivo chega como uma ferramenta digital a mais no processo de aprendizagem. “A televisão é um dos meios tecnológicos de comunicação mais acessíveis à sociedade em geral. O nosso público é de cerca de 70 mil alunos, mas todas as pessoas que têm acesso à televisão poderão assistir aos programas educativos. É uma ação que beneficia a sociedade recifense. No âmbito da Rede de Ensino do Recife, o programa ‘Escola do Futuro em Casa na TV’ complementa o material físico construído pelos técnicos da Secretaria, fortalecendo a alfabetização e letramento dos estudantes, o estímulo à leitura e à escrita, a interação com a família e a construção de ricos momentos de aprendizagem”, declarou Bernardo D´Almeida, secretário de Educação do Recife.

Além disso, tendo como base o conteúdo pedagógico da plataforma Escola do Futuro em Casa, os professores desenvolvem as atividades com os alunos, por meio de material impresso ou de mídias sociais de longo alcance que melhor atendam à realidade dos estudantes de cada unidade escolar. O professor elabora seu plano de aula, utiliza um canal de interação virtual com as famílias e estudantes para orientar as atividades que precisam ser desenvolvidas, e recebe o retorno com os registros dos alunos. Os programas televisivos serão um reforço de conteúdo dessas atividades. Os discentes também receberam os livros didáticos para poderem acompanhar as aulas.

Vale pontuar que o programa engloba uma série de ações para que os mais de 90 mil estudantes da Rede de Ensino do Recife possam ter igualdade de acesso ao Ensino a Distância. Entre as ações já implantadas estão: formação de professores para atuarem na modalidade EaD; materiais pedagógicos com estratégias remotas de ensino e aprendizagem; construção da plataforma de aulas virtuais, que está sendo constantemente alimentada com as atividades de cada modalidade de ensino, com a inserção de Libras e leitor de tela para acessibilidade dos ambientes virtuais; aulas virtuais online para as turmas do 6º ao 9º ano.

COMENTÁRIOS dos leitores