Mulheres trabalham mais e têm menos tempo de lazer nos EUA

Pesquisa aponta que disparidade se dá ao tempo gasto pelas mulheres nos afazeres domésticos, que mesmo com avanços, ainda é maior que o dos homens

por Francine Nascimento qua, 26/06/2019 - 10:19
Pixabay Pixabay

Uma pesquisa anual sobre o uso do tempo realizada pelo Departamento do Trabalho dos EUA (Labor Department’s) mostrou que as mulheres norte-americanas estão trabalhando mais e tendo cada vez menos tempo para o lazer. O tempo de trabalho também inclui as atividades domésticas, designadas como responsabilidades das mulheres na maior parte do tempo. O levantamento também chamou atenção para a diferença salarial entre homens e mulheres, que no caso do sexo feminino, ainda é inferior. 

De acordo com o estudo, tal desigualdade pode estar ligada ao baixo índice de desemprego no país, que já é o menor desde 1969. Além disso, existe a questão da expansão econômica no Estados Unidos, cuja a mão de obra tem sofrido queda. 

Contudo, o maior motivo do crescimento das disparidades de gênero no mercado de trabalho ainda é o fato de que as mulheres tendem a assumir afazeres em casa e cuidar dos filhos, mais do que os homens. O departamento indicou que mesmo os homens se dedicando mais na última década com as ocupações domésticas, como fazer refeições, e limpar a casa, as mulheres gastam do próprio tempo três vezes a mais para realizar os mesmos serviços.

Segundo dados da pesquisa, o grupo de trabalhadores com maiores salários nos EUA (que tem os homens como maioria), é o que mais aproveita momentos de lazer, bem como para fazer, durante 30 minutos diários, exercícios físicos.

No quesito qualificação profissional: cerca de 29,5 milhões de trabalhadoras norte-americanas possuem diploma universitário, número que ultrapassou o sexo masculino este ano. 

COMENTÁRIOS dos leitores