Número de mulheres cursando engenharia civil sobe 10%

Mas número de vagas ocupadas por mulheres no mercado de trabalho não cresceu na mesma proporção

por qua, 20/09/2017 - 18:45

Segundo dados do Censo da Educação Superior levantados pelo IDado, o número de mulheres cursando engenharia civil cresceu 10% entre 2005 e 2015. Por outro lado, a quantidade de mulheres atuando como engenheiras civis no mercado de trabalho não teve a mesma evolução.

Em 2005, as mulheres representavam 20,9% do total de alunos nos cursos de engenharia civil e 23,9% dos profissionais atuando no mercado de trabalho. Já em 2015, o número de engenheiras civis no mercado de trabalho subiu para 26,9% enquanto o número de estudantes mulheres nas universidades passou para 30,3%.

De acordo com o Conselho Federal de Engenheiros e Agrônomos (Confea), entre 1º de janeiro e 8 de agosto de 2017, das 20.813 pessoas que se registraram no conselho de engenharia civil, 14.971 eram homens e 5.842 eram mulheres.

 

Por Beatriz Gouvêa

COMENTÁRIOS dos leitores