Empresas não acham profissionais qualificados, diz estudo

De acordo com pesquisa da Fundação Dom Cabral, companhias até tem vagas de emprego, mas não encontram candidatos ideais para ocupá-las

por Camilla de Assis ter, 19/07/2016 - 16:52

Quase 50% das empresas do Brasil afirmam que possuem vagas disponíveis, mas não encontram profissionais qualificados para preenchê-las. O dado é resultado de uma pesquisa realizada pela Fundação Dom Cabral (FDC) com 200 empresas brasileiras, sendo a maioria localizada na região Sudeste.

De acordo com o levantamento, 53% das empresas ouvidas acreditam que o país possui média oferta de mão de obra e 21,2% revelam ter problemas para encontrar profissionais qualificados em sua área de localização. Já 47% das corporações pesquisadas revelaram ter dificuldades para contratação.

Segundo as empresas, as duas causas mais graves para a não contratação foram a falta de capacitação adequada e a expectativa de salário desalinhada.  As corporações também reclamaram da dificuldade de conseguir profissionais para assumir seus postos de trabalho. Aqueles que atuam no gerenciamento são os mais difíceis de ser contratados: 40,4% das empresas apontaram escassez. 

Na segunda colocação estão os profissionais da área de supervisão e coordenação, com 38% das citações. Já 15% das respostas estão para as áreas de trainee, estágio e assistência.

Ainda de acordo com o estudo, quase 78% das corporações afirmaram que oferecem capacitações aos funcionários. Além disso, 35% das empresas pesquisadas estão diminuindo as exigências, especialmente para os níveis técnico e administrativo.

Sobre os segmentos das empresas questionadas, o estudo dividiu percentuais por áreas de atuação: serviço (25%), indústria de construção (10%) bens de consumo (9%) e autoindústria (9%).

LeiaJá também

--> As 25 empresas mais atraentes do Brasil segundo o LinkedIn

COMENTÁRIOS dos leitores