Deixar o Facebook por 1 mês traz melhorias na saúde mental

Pesquisa analisou o impacto de abandonar a rede social no comportamento e estado de espírito dos usuários

por Nathália Guimarães sex, 01/02/2019 - 09:39
Paulo Uchôa/LeiaJáImagens/Arquivo Paulo Uchôa/LeiaJáImagens/Arquivo

Desativar o Facebook por apenas quatro semanas pode levar a uma melhoria na saúde mental das pessoas, de acordo com um novo estudo. Pesquisadores das Universidades de Nova York e de Stanford analisaram o impacto de abandonar a rede social no comportamento e estado de espírito dos usuários.

Intitulado "The Welfare Effects of Social Media", o estudo ocorreu no período que antecedeu as eleições de 2018 dos EUA e envolveu 2.844 usuários que usaram a plataforma por mais de 15 minutos por dia.

Entre os participantes, deixar o Facebook de lado por um mês resultou fez com que as pessoas participassem com mais frequência de atividades sociais com a família e amigos. Além disso, causou um aumento no bem-estar subjetivo.

No entanto, levou as pessoas a serem menos informadas sobre os eventos atuais. Os pesquisadores também descobriram que os indivíduos que desativaram suas contas no Facebook eram mais propensas a ver uma redução persistente no uso do aplicativo mesmo após o fim do experimento.

"Nosso estudo oferece a evidência experimental de maior escala disponível até hoje sobre o modo como o Facebook afeta uma série de medidas individuais e de bem-estar social", escreveram os autores.

Em uma declaração ao The Washington Post, um porta-voz do Facebook disse que suas equipes estão trabalhando para promover conexões significativas em toda a plataforma. "Este é um estudo de muitos sobre este tema e deve ser considerado assim", disse a rede social.

LeiaJá também

--> Facebook pagou para acessar dados íntimos de adolescentes

COMENTÁRIOS dos leitores