Zuckerberg terminará o ano US$ 16 bilhões mais pobre

Facebook enfrentou uma série de escândalos em 2018 e Zuckerberg viu seu patrimônio despencar

por Nathália Guimarães ter, 18/12/2018 - 09:39
Wikimedia Commons Mark Zuckerberg, presidente-executivo do Facebook Wikimedia Commons

Talvez Mark Zuckerberg deva passar a virada de ano com uma camisa amarela para tentar atrair mais sorte em 2019, já que em 2018 o presidente-executivo do Facebook perdeu uma enorme quantia de US$ 16 bilhões, após a rede social enfrentar uma série de escândalos e ver suas ações despencarem nos últimos meses.

De acordo com o Bloomberg Billionaires Index, o patrimônio líquido de Zuckerberg atualmente é de US$ 57 bilhões. Tal montante ainda faz dele a sexta pessoa mais rica do mundo, mas Zuckerberg começou o ano com um patrimônio líquido de US$ 73 bilhões. Em meados de julho, sua fortuna aumentou para US$ 82 bilhões.

Nesse ponto, ele ultrapassou o renomado investidor Warren Buffet, subindo para o terceiro lugar na lista - atrás apenas de Jeff Bezos e Bill Gates em termos do tamanho de sua fortuna. Desde o final de julho, porém, Zuckerberg viu seu patrimônio cair - cerca de 98% de sua fortuna vem de sua participação no Facebook e quase um terço do valor da empresa foi perdido nos últimos cinco meses.

Depois de divulgar seus lucros do segundo trimestre no final de julho, nos quais o Facebook registrou uma quebra rara na receita e no número de usuários, a empresa sofreu a maior perda de valor em um único dia para qualquer empresa na história do mercado dos EUA.

Desde então, o Facebook tem lutado para recuperar as perdas, já que foi atingido por uma série de escândalos. O Facebook também está lutando contra alegações de que havia considerado a venda de dados de usuários para empresas, algo que a companhia negou publicamente.

LeiaJá também

--> Falha no Facebook expõe fotos de 6,8 milhões de usuários

COMENTÁRIOS dos leitores