Café tem robôs controlados por funcionários deficientes

Estabelecimento utiliza cinco garçons eletrônicos que anotam os pedidos e levam a comida até às mesas

por Nathália Guimarães sab, 01/12/2018 - 15:57
Reprodução Reprodução

Em um novo café localizado na cidade de Tóquio, no Japão, os clientes são atendidos por robôs que são controlados remotamente por funcionários com deficiências físicas graves. O estabelecimento utiliza cinco garçons eletrônicos que anotam os pedidos e levam a comida até às mesas.

Os robôs - controlados por rádio de alta tecnologia - são projetados para que pessoas com deficiências, lesões na medula espinhal ou doenças como a esclerose lateral amiotrófica, possam operá-los em casa.

Eles transmitem áudio e vídeo sem fio para o controlador, que pode direcioná-lo por meio de tablets ou computadores. O local também é projetado para parecer com o café do anime "Time of Eve", de 2008, onde robôs e humanos interagem como iguais.

O café é fruto de uma colaboração entre a Fundação Nippon, a ANA Holdings e a Ory Lab, que fabrica os robôs. A ideia era ajudar a colocar as pessoas deficientes de volta ao mercado de trabalho, oferecendo empregos de meio período e salário mínimo.

A ação, porém, é apenas temporária e será encerrada no dia 7 de dezembro, mas as empresas envolvidas no projeto esperam lançar um café permanente antes dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio em 2020 e encontrar novas maneiras de promover a assistência de emprego para pessoas com deficiência.

LeiaJá também

--> Starbucks bloqueia pornografia em sua rede Wi-Fi grátis

COMENTÁRIOS dos leitores