Como é o mercado de games no Brasil e em Portugal

Tanto no Brasil como em Portugal, o mercado de games está em plena expansão. Hoje no Brasil há mais de 70 milhões de gamers, e também uma movimentação financeira de mais de 1 bilhão de dólares.

qui, 04/10/2018 - 11:26

As realidade do Brasil e de Portugal são bastante diferentes, já que um foi a colônia e enquanto o outro era o colonizador, ou outros exemplos como Portugal fazer parte da União Europeia e o Brasil do Mercosul. Ambas realidades econômicas são bem diferentes, e o mercado de games também reflete algumas peculiaridades de cada um dos países. 

Mesmo com essas diferenças, as dias nações estão tentando trabalhar cada vez mais unidas. Tanto no Brasil como em Portugal, o mercado de games está em plena expansão. Hoje no Brasil há mais de 70 milhões de gamers, e também uma movimentação financeira de mais de 1 bilhão de dólares. O Brasil lidera neste segmento na América do Sul e também está em em 13º lugar no ranking global na atividade, segundo dados da Pesquisa Game Brasil

Já Portugal não tem um papel tão expressivo, mas como faz parte da Europa, ele entra nas estatísticas europeias, sendo este continente o terceiro maior mercado depois da América do Norte e da Ásia, e movimentando quase 5 bilhões de dólares. Sozinho, Portugal fornece mais de 100 milhões de dólares e apresenta quase 3 milhões de jogadores. 

Em Portugal o mercado de apostas esportivas é um dos que mais cresce, tanto online quanto fisicamente. De fato, um dos maiores cassinos em Portugal, eleito Top Casino Online no Galo Bonus, é o Casino Estoril que atua na região de Cascais e também online. A instituição que cuida dessa regulamentação e legislação é a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML). No Brasil, o mercado de games tem um crescimento visando mais o mercado exterior e de exportação principalmente para os mercados asiáticos, como a China, por exemplo. 

Pontos que fazem o mercado de games crescer tanto no Brasil como em Portugal 

O mercado de games está crescendo em todo o mundo devido ao aumento da presença feminina, a qual já é maioria entre os jogadores brasileiros, mas que em todo o mundo triplicou nos últimos 5 anos. Este crescimento também é justificado pela gamificação, a qual é a integração de ferramentas utilizadas no dia a dia com a tecnologia, onde os games deixam de ser apenas uma atividade de lazer. Os games tem sido utilizados na indústria de recursos humanos, por exemplo, tanto na contratação como no treinamento. 

Um terceiro ponto que faz o mercado de games crescer é o surgimento de uma rede de serviços por trás da produção de games, a qual precisa de profissionais especializados, alimentando a educação, e também cada uma das etapas para criar, desenvolver, divulgar e vender jogos. E ainda, a de patrocínio de eventos e também de jogadores profissionais. 

Vale lembrar que o Brasil é quase 100 vezes maior que Portugal e tem uma população mais de 20 vezes maior que Portugal. Dessa forma o Brasil poderia lucrar ainda mais se seguisse alguns exemplos dos portugueses. São questões ainda bastante debatidas no Brasil, mas que vem sendo discutidas em Portugal para que esse mercado seja cada vez mais amplo e aberto a novas possibilidades e oportunidades.

Fotos: Unsplash 

COMENTÁRIOS dos leitores