MP investiga vazamento de dados de brasileiros no Facebook

Hackers obtiveram acesso a tokens de login de mais de 50 milhões de perfis da rede social pelo mundo

por Nathália Guimarães ter, 02/10/2018 - 13:43
Wikimedia Commons Wikimedia Commons

O Ministério Público do Distrito Federal (MPDFT) abriu nesta segunda-feira (1º) um inquérito civil público para apurar a extensão dos danos possivelmente decorrentes da invasão do Facebook na última semana, quando hackers obtiveram acesso a tokens de login de mais de 50 milhões de perfis da rede social pelo mundo, incluindo contas brasileiras. As informações são da Reuters.

Os perfis afetados foram desconectados do Facebook como medida de segurança. O MPDFT comenta no inquérito que o ataque pode ter permitido o acesso indevido a dados pessoais dos usuários como nome, sexo e cidade. O promotor Frederico Meinberg Ceroy levantou preocupações sobre o fato de a invasão ter ocorrido a menos de 10 dias do primeiro turno das eleições de 2018.

Ele lembrou que o Facebook vem sendo investigado por motivos similares desde março de 2018, quando dados de 87 milhões de usuários foram usados inapropriadamente pela já falida consultoria política Cambridge Analytica, incluindo mais de 440 mil contas de brasileiros.

LeiaJá também

--> Facebook pode ser multado em US$ 1,63 bilhão por falha

COMENTÁRIOS dos leitores