Primeiro celular com Android completa dez anos

HTC Dream surgiu no mercado em 2008 como uma alternativa ao iPhone 3G

por Nathália Guimarães seg, 24/09/2018 - 10:05
Wikimedia Commons HTC Dream (também conhecido como T-Mobile G1) tinha um teclado físico e tela deslizante Wikimedia Commons

Faz 10 anos que o Google lançou o primeiro telefone com Android. Desde aquela época, o sistema operacional passou de uma alternativa ao iPhone para a plataforma de computação mais popular do mundo. Para comemorar o aniversário de uma década, conheça o aparelho que deu o pontapé inicial para esta revolução.

O HTC Dream (também conhecido como T-Mobile G1) tinha um teclado físico e tela deslizante. Apesar do design desajeitado, ficou claro desde o início que a novíssima plataforma tinha o potencial de rivalizar com o iPhone da Apple de maneiras que as grandes marcas da época - BlackBerry, Palm, Nokia e Windows Mobile - não conseguiam.

O Google anunciou o HTC Dream em 23 de setembro de 2008, um ano após o iPhone de primeira geração da Apple ter revolucionado o significado da palavra smartphone. Enquanto a força do iPhone estava no design limpo e simples e no layout intuitivo, o primeiro telefone Android trouxe a capacidade de personalizar a experiência do usuário.

O telefone tinha alguns recursos importantes que o iPhone 3G não tinha, entre eles uma câmera melhor e a ferramenta de copiar e colar textos. Mais importante ainda, o HTC Dream se destacou imediatamente por causa da sua profunda capacidade de personalização. Para os realmente ambiciosos, isso poderia significar escrever seus próprios aplicativos.

A plataforma aberta do Android também significava que as fabricantes de smartphones poderiam ter o sistema operacional Android básico e construir seu próprio visual com temas e até aplicativos e recursos adicionais.

Outra vantagem que o HTC Dream trazia era o Android Market (que mais tarde se tornaria o Google Play), uma plataforma de aplicativos que permitia baixar novas ferramentas e games para o telefone, pagos e gratuitos, tanto acessando a loja pelo smartphone, quanto pelo site.

Talvez o efeito mais significativo do HTC Dream tenha sido seu papel como um feroz rival do iPhone. Na época, a Google e a Apple eram duas das empresas de tecnologia mais poderosas e excitantes do mundo. Atualmente, o sistema do Google é usado por 2 bilhões de pessoas todos os meses.

Mas sem esse primeiro telefone Android, talvez nunca tenhamos visto o lançamento do Motorola Droid, o primeiro Samsung Galaxy Note ou o Google Pixel 3 - que será anunciado no próximo dia 9 de outubro.

LeiaJá também

--> Google Chrome faz 10 anos e ganha sua maior atualização

COMENTÁRIOS dos leitores