Facebook bane rede que vendia likes, seguidores e páginas

Rede de 72 grupos, 50 contas e 5 páginas violaram as políticas da rede social no Brasil

por Nathália Guimarães qua, 15/08/2018 - 12:43
Wikimedia Commons Wikimedia Commons

O Facebook anunciou nesta quarta-feira (15) que baniu de sua plataforma uma rede de 72 grupos, 50 contas e 5 páginas que violaram as políticas de autenticidade e spam da plataforma no Brasil, por encorajar e permitir a obtenção de seguidores e curtidas com o objetivo de falsamente ampliar o engajamento em busca de ganho financeiro.

"Nossa investigação descobriu que uma entidade identificada como PCSD, baseada no Brasil, usou uma rede de grupos, contas e páginas onde as pessoas podiam comprar e vender reações, seguidores e páginas, violando repetidas vezes nossos padrões da comunidade. Nós não permitimos um comportamento inautêntico coordenado e estamos banindo o PCSD de nossa plataforma", informou a rede social.

O Facebook diz que foi alertado sobre essa rede pelo Digital Forensic Research Lab, do Atlantic Council, que tem fornecido informações em tempo real ao Facebook sobre ameaças de abusos e campanhas de desinformação. O esquema foi detectado durante uma investigação sobre a falsa amplificação de páginas políticas na recente eleição no México.

"No Facebook, estamos investindo em pessoas e tecnologia para manter pessoas mal-intencionadas e conteúdo ruim fora de nossos serviços. Temos cerca de 20 mil pessoas trabalhando em áreas de integridade, segurança e revisão de conteúdo em todo o mundo, o dobro do que tínhamos no ano passado", ressaltou a empresa.

O Facebook diz que removeu, no primeiro trimestre deste ano, 837 milhões de conteúdos de spam e baniu 583 milhões de contas falsas em todo o mundo.

LeiaJá também

--> Instagram anuncia novas medidas após roubo de contas

COMENTÁRIOS dos leitores