Facebook nega ter pedido dados de usuários à bancos

Empresa foi acusada de pedir a grandes bancos dos EUA informações sobre os saldos das contas dos usuários

por Nathália Guimarães ter, 07/08/2018 - 10:16
Paulo Uchôa/LeiaJáImagens/Arquivo Paulo Uchôa/LeiaJáImagens/Arquivo

O Facebook negou relatos de que está solicitando ativamente aos bancos detalhes das transações financeiras dos usuários. O comunicado da gigante de mídia social é uma resposta à denúncia do The Wall Street Journal, segundo a qual a companhia pediu a instituições bancárias norte-americanas dados desse tipo.

O Facebook disse que alguns usuários optaram por acessar algumas informações financeiras em seu aplicativo Messenger. Quaisquer dados que foram acessados ​​pela empresa para tais fins não foram usados ​​para publicidade, acrescentou.

O Wall Street Journal relatou que o Facebook se aproximou do JPMorgan Chase, do Wells Fargo, do Citigroup e do US Bancorp para pedir informações sobre os saldos das contas dos usuários e as transações com cartões.

No entanto, o Facebook disse que os usuários podem optar (ou não) por vincular o aplicativo de bate-papo do Messenger às suas contas bancárias. "Nos associamos a bancos e empresas de cartão de crédito para oferecer serviços como chat com clientes ou gerenciamento de contas", afirmou o Facebook.

LeiaJá também

--> Facebook gasta US$ 24,7 milhões com proteção de Zuckerberg

COMENTÁRIOS dos leitores