Eleições dos EUA terão voto por aplicativo pela 1ª vez

Estado da Virgínia Ocidental permitirá que militares no exterior votem usando um aplicativo

por Nathália Guimarães ter, 07/08/2018 - 12:41
Wikimedia Commons Wikimedia Commons

Os militares do estado da Virgínia Ocidental (EUA) que atuam no exterior serão os primeiros no país a votar usando um aplicativo de smartphone, uma ação destinada a facilitar o pleito na eleição de novembro para as tropas que vivem em outros países.

A decisão do estado de ser pioneiro na votação pelo celular ocorre mesmo quando os EUA lidam com a interferência da Rússia em suas eleições. Ainda assim, a empresa de Boston que desenvolveu o aplicativo insiste que ele é seguro.

O eleitor deve enviar uma foto do seu documento de identificação emitido pelo governo e registrar um vídeo mostrando o rosto. A desenvolvedora do Voatz diz que seu software de reconhecimento facial é capaz de identificar se as informações são autênticas. Uma vez aprovados, os cidadãos podem votar.

As cédulas virtuais são anônimas, diz a empresa, e registradas em um livro digital protegido por blockchain. Embora essa tecnologia seja mais frequentemente associada ao bitcoin e outras criptomoedas, ela pode ser usada para registrar todos os tipos de dados.

As autoridades afirmam ter testado o aplicativo em dois condados durante a eleição primária no início deste ano. O governo diz que vai deixar cada município decidir individualmente se deseja incluir o software como uma opção durante as eleições.

LeiaJá também

--> Seis milhões de trabalhadores temem ser trocados por robôs

COMENTÁRIOS dos leitores