Facebook deu à Apple e Samsung acesso a dados de usuários

Denúncia diz que rede social fez acordos com essas empresas há uma década para ajudá-las a criar aplicativos

por Nathália Guimarães seg, 04/06/2018 - 12:01
Paulo Uchôa/LeiaJáImagens/Arquivo Paulo Uchôa/LeiaJáImagens/Arquivo

O Facebook foi acusado de compartilhar dados de seus usuários com fabricantes de dispositivos como Apple, Microsoft, Samsung e Blackberry. Segundo informações do jornal The New York Times, a rede social fez acordos com essas empresas há uma década para ajudá-las a criar aplicativos.

Segundo a denúncia, a ideia era ajudar as empresas a criarem aplicativos do Facebook para seus telefones e tablets, além auxiliar as fabricantes a integrar a funcionalidade da rede social em seus sistemas operacionais.

Para que essas integrações funcionassem, o Facebook deu a essas empresas acesso aos dados do usuário por meio das chamadas APIs privadas. O relatório diz que o Facebook fez acordos semelhantes com pelo menos 60 fabricantes de dispositivos.

Em resposta, o Facebook disse que os acordos eram necessários e que, quando os usuários faziam login em aplicativos ou serviços de criadores de dispositivos, eles conseguiam consentir ou não compartilhar seus dados.

No entanto, como observa o New York Times, há semelhanças entre esses acordos e o escândalo da Cambridge Analytica, que revelou como a empresa britânica estava aproveitando as políticas de privacidade frouxas do Facebook para extrair enormes quantidades de dados de usuários.

LeiaJá também

--> Facebook perde reinado entre jovens para o YouTube

COMENTÁRIOS dos leitores