No Piauí, homem é condenado por enviar gemidão do WhatsApp

Réu foi condenado a gravar vídeo com pedido de desculpas como uma forma de retratação à vítima

por Nathália Guimarães sex, 13/04/2018 - 10:12
Wikimedia Commons Decisão do juiz determinou que réu gravasse vídeo se desculpando Wikimedia Commons

Um homem identificado como Rogério Antão foi processado por compartilhar um vídeo com a imagem da prefeita Regina Coeli, do município de Pio IX, no Piauí, acompanhado do som do gemidão do WhatsApp. Ele foi obrigado a fazer um pedido de desculpas à gestora municipal. As informações são do G1.

Na ocasião da ofensa, o homem gravou um vídeo com a imagem da prefeita que foi divulgado em um grupo de WhatsApp como se fosse uma entrevista. No entanto, a pessoa que reproduzisse o conteúdo ia apenas cair na pegadinha, ouvindo o áudio ofensivo retirado de um filme pornográfico.

O juiz responsável pelo caso determinou que o réu deveria se comprometer a respeitar a vítima, pedindo desculpas pelo ocorrido e publicando um vídeo no mesmo grupo onde compartilhou a pegadinha com uma mensagem pré-determinada.

"Meu nome é Rogério Antão e quero aqui me retratar da postagem ofensiva que fiz à prefeita Regina, pedindo as minhas mais sinceras desculpas e me comprometendo a respeitá-la", informa a mensagem. Em entrevista ao G1, a prefeita disse que entrou com a ação como uma cidadã e não por causa do cargo que ocupa.

LeiaJá também

--> Apple perde US$ 500 milhões em disputa de patentes

COMENTÁRIOS dos leitores