Cientistas criam bateria que pode baratear smartphones

Nova bateria feita de prótons é mais barata e ambientalmente amigável dos que as disponíveis atualmente

por Nathália Guimarães sex, 09/03/2018 - 11:08
Reprodução Nova bateria recarregável usa carbono e água em vez de lítio Reprodução

Cientistas australianos criaram a primeira bateria de prótons recarregável no mundo, um passo crucial para um armazenamento de energia mais barato e ambientalmente amigável. Embora a invenção seja apenas um protótipo de pequena escala por enquanto, ela tem potencial para competir com os modelos de íon de lítio atualmente disponíveis.

A bateria recarregável, criada por pesquisadores da RMIT University de Melbourne, na Austrália, usa carbono e água em vez de lítio. O pesquisador principal do projeto, professor John Andrews, disse que à medida que o mundo avançava para as energias renováveis, existe uma necessidade de criar tecnologias que dependem de materiais mais baratos e abundantes.

"As baterias de íon de lítio são ótimas, mas dependem de recursos escassos e onerosos", disse ele. O pesquisador diz que a vantagem é que a invenção armazena prótons em um material à base de carbono, que é abundante na natureza.

Além disso, a própria bateria não produz emissões de carbono e pode armazenar eletricidade a partir de energias renováveis ​​de emissão zero. Os pesquisadores estimam que a invenção pode estar comercialmente disponível dentro de cinco a dez anos.

LeiaJá também

--> Apple deve lançar MacBook mais barato em 2018

COMENTÁRIOS dos leitores