Facebook testa recurso que sinaliza notícias como urgentes

Notícias marcadas como urgente trazem um selo especial

por Nathália Guimarães ter, 06/03/2018 - 10:42
Paulo Uchôa/LeiaJáImagens/Arquivo Veículos terão a opção de deixar o selo em uma notícia por apenas 15 minutos ou até seis horas Paulo Uchôa/LeiaJáImagens/Arquivo

O Facebook anunciou nesta segunda-feira (5) que está testando um recurso que permite veículos da imprensa definirem se as notícias veiculadas na rede social são urgentes. Para isso, elas trazem um selo especial. A rede social diz que está experimentando a novidade nos EUA com um pequeno grupo de veículos de imprensa.

Os veículos terão a opção de deixar o selo em uma notícia por apenas 15 minutos ou até seis horas. É possível utilizar o novo recurso uma única vez em um período de 24 horas ou cinco vezes por mês, informou o Facebook. As postagens aparecerão normalmente no feed de notícias dos usuários.

As pessoas também poderão fornecer feedback quando não considerarem uma história como notícia urgente, clicando no menu superior direito da publicação. Dados coletados pela rede social mostram que os usuários nos EUA engajaram mais com posts que são marcados com a etiqueta.

A partir desta semana, o teste será expandido para que mais de 50 outros veículos na América do Norte, América Latina, Europa e Austrália possam começar a usar o selo. Se a expansão for bem-sucedida, segundo a empresa, a novidade será liberada para mais empresas.

"Chamar a atenção no Facebook para as notícias urgentes ajudará as pessoas a obterem informações importantes para elas assim que os fatos acontecem", informou a empresa, em comunicado.

LeiaJá também

--> Facebook testa a postagem de áudios no feed de notícias

COMENTÁRIOS dos leitores