Selfies fazem nariz parecer 30% mais largo, diz estudo

Pesquisadores indicam que distorção pode causar problemas de autoestima

por Nathália Guimarães seg, 05/03/2018 - 10:35
Pixabay Selfies podem distorcer seu rosto e fazer o nariz parecer mais largo do que realmente é Pixabay

Pesquisadores da Universidade de Stanford e da Rutgers New Jersey Medical School publicaram um artigo indicando que as selfies podem distorcer seu rosto e fazer o nariz parecer mais largo do que realmente é. A pesquisa atribuiu a distorção em parte à curta distância em que os retratos são registrados.

Usando modelos geométricos da cabeça humana, os pesquisadores calcularam a distorção relativa de diversas partes da face com a câmera posicionada a diferentes distâncias. Eles chegaram à conclusão de que o ideal é tirar a foto com a câmera a 1,5 metros do rosto.

Os resultados mostraram que as selfies fizeram o nariz parecer cerca de 30% maior para os homens e em torno de 29% para as mulheres, de acordo com o artigo publicado na revista JAMA Facial Plastic Surgery.

Os autores da pesquisa afirmam que essa diferença pode causar problemas de autoestima e distorção na autoimagem, já que as pessoas se veem de uma forma diferente do que realmente são.

A primeira selfie da história foi registrada em 1839, por um químico amador e entusiasta da fotografia da Filadélfia, Robert Cornelius, que estava experimentando uma câmera. O termo moderno foi cunhado em 2002. O Google anunciou que, em 2015, 24 bilhões de auto-retratos foram carregados em seus servidores.

LeiaJá também

--> Vício em smartphones não existe, afirma pesquisador

COMENTÁRIOS dos leitores