Universidade na China oferece curso para atletas dos games

Curso ensina aos alunos como jogar videogames como uma futura profissão

por Nathália Guimarães sex, 02/03/2018 - 09:47
AFP Cerca de 50 alunos se inscreveram e recebem aulas teóricas e práticas sobre games competitivos AFP

Uma escola na China iniciou um novo curso para ensinar aos alunos como jogar videogames como uma futura profissão. A Lanxiang Technical School lançou seu programa em setembro, de acordo com o jornal South China Morning Post. Cerca de 50 alunos se inscreveram e recebem aulas teóricas e práticas sobre games competitivos como "League of Legends" e "Overwatch".

Durante o primeiro ano do curso, os alunos gastam 50% do seu tempo jogando e o resto em lições teóricas. Após esse período, a turma é dividida. Os melhores jogadores se concentram para competir em campeonatos, enquanto os outros aprendem a se tornar organizadores de eventos, promotores ou treinadores.

A taxa de matrícula custa cerca de US$ 2.050 (cerca de R$ 6,6 mil), mas os jogadores que se juntam à equipe da escola não precisam pagar. A indústria dos e-Sports já emprega cerca de 50 mil pessoas na China, de acordo com a empresa de dados local CNG.

A empresa chinesa de pesquisa iResearch estima que 260 milhões de pessoas já estão jogando games de esportes eletrônicos ou assistindo competições no país. Em novembro, mais de 40 mil fãs compareceram ao estádio olímpico Ninho de Pássaro, em Pequim, para assistir a final do campeonato mundial de "League of Legends".

LeiaJá também

--> Videogames podem ajudar no tratamento da esquizofrenia

COMENTÁRIOS dos leitores