Mais de 5 milhões de usuários de iPhone processam o Google

Grupo diz que a gigante das buscas colheu ilegalmente informações de 5,4 milhões de britânicos

por Nathália Guimarães qui, 30/11/2017 - 12:59
Wikimedia Commons Google já foi multado em US$ 22,5 milhões nos EUA pela mesma questão em 2012 Wikimedia Commons

O Google está sendo acusado de coletar os dados pessoais de milhões de usuários do iPhone, na primeira ação judicial em massa desse tipo no Reino Unido. O grupo que iniciou o processo, chamado Google You Owe Us, diz que a gigante das buscas colheu ilegalmente informações de 5,4 milhões de britânicos, ignorando as configurações de privacidade de seus smartphones. O valor das indenizações pode chegar aos R$ 11,86 bilhões.

A queixa é que, durante vários meses, entre os anos de 2011 e 2012, o Google colocou cookies de rastreamento de anúncios nos dispositivos dos usuários do navegador Safari, que é definido por padrão para bloquear esse recurso. O caso é apoiado pelo escritório de advocacia Mishcon de Reya, especializado em litígios em larga escala.

"Em todos os meus anos falando para os consumidores, raramente vi um abuso de confiança tão grande, onde tantas pessoas não têm como buscar reparação por conta própria. Através desta ação, enviaremos uma mensagem forte ao Google e a outros gigantes da tecnologia no Vale do Silício de que não temos medo de lutar", informou o responsável pela campanha, Richard Lloyd, em entrevista à BBC.

Os consumidores afetados não precisam pagar taxas legais ou entrar em contato com qualquer advogado, pois serão automaticamente incluídos no processo, a menos que desejem optar por não participar. O Google já foi multado em US$ 22,5 milhões nos EUA pela mesma questão em 2012. O caso britânico deverá ir aos tribunais em 2018.

LeiaJá também

--> Facebook pede selfie para comprovar identidade do usuário

COMENTÁRIOS dos leitores