Dubai começará a testar táxi aéreo sem piloto em 2017

Veículo permite o transporte de pessoas de um lugar para outro sem intervenção humana direta

por Nathália Guimarães seg, 19/06/2017 - 16:14

A empresa alemã de aviação Volocopter anunciou nesta segunda-feira (19) um acordo com a autoridade de transportes de Dubai, nos Emirados Árabes, para começar a testar seus helicópteros autônomos - que dispensam pilotos - como parte de um serviço de táxi aéreo no final deste ano.

O veículo é capaz de transportar até dois passageiros. Alimentado por eletricidade e com 18 hélices, o equipamento garante o desembarque seguro mesmo em caso de falhas no motor. O táxi aéreo é caracterizado por seu piloto automático ou voo autônomo, permitindo o transporte de pessoas de um lugar para outro sem intervenção humana direta.

Seu tempo máximo de voo é de quase 30 minutos a uma velocidade de cruzeiro de 50 km por hora. Também está equipado com um paraquedas de emergência e nove sistemas de bateria independentes, que podem ser carregadas em 40 minutos.

As autoridades de Dubai vão especificar as rotas aéreas e pontos de pouso desses táxis e a logística necessária para garantir uma mobilidade segura. Mas o Volocopter não será o único serviço deste tipo cortando os céus da cidade. Recentemente, a empresa chinesa de drones Ehang conseguiu autorização para testar seu quadricóptero como uma alternativa de transporte.

LeiaJá também

--> Uber lança cartões pré-pagos no Brasil

COMENTÁRIOS dos leitores