Nacional Ceará Paraíba Pará Pernambuco São Paulo

Compartilhar notícias falsas na internet pode virar crime

Projeto de lei prevê pena de 2 a 8 meses de detenção e pagamento de multas

por Nathália Guimarães sab, 18/03/2017 - 09:01
Reprodução Google e Facebook anunciaram uma série de ferramentas projetadas para combater a disseminação de notícias falsas Reprodução

A Câmara dos Deputados está analisando um projeto de lei quer tornar crime a divulgação ou compartilhamento de notícias falsas na internet. A pena prevista pelo texto é de detenção de 2 a 8 meses e pagamento de 1,5 mil a 4 mil dias-multa, que serão revertidos para o Fundo de Defesa dos Direitos Difusos (FDDD).

O autor do projeto, deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), alega que a rápida disseminação de informações pela internet tem sido um campo fértil para a proliferação de notícias falsas ou incompletas. "Esses atos causam sérios prejuízos, muitas vezes irreparáveis, tanto para pessoas físicas ou jurídicas, as quais não têm garantido o direito de defesa sobre os fatos falsamente divulgados", argumenta.

Recentemente, as gigantes da internet Google e Facebook anunciaram uma série de ferramentas de checagem de dados projetadas para combater a disseminação de notícias falsas. Redes sociais tomaram as manchetes do mundo todo durante a campanha presidencial dos EUA, quando se tornou claro que haviam espalhado informações de origem duvidosa.

LeiaJá também

--> Pai da internet explica porque a rede está em perigo

--> Google lança iniciativa contra notícias falsas no Brasil

--> Facebook passa a combater notícias falsas na França

--> Saiba identificar notícias falsas e evitar golpes online

COMENTÁRIOS dos leitores