Apple é condenada por fixar preços em iPhones na Rússia

Investigação descobriu que a empresa fixou o valor de vários produtos, entre eles o iPhone 5 e iPhone 6

por Nathália Guimarães qua, 15/03/2017 - 12:02
Pexels iPhone, da Apple Pexels

O regulador anti-monopólio russo considerou nesta terça-feira (14) a Apple culpada pelo crime de combinação de preços. A investigação do Federal Antimonopoly Service (FAS) descobriu que a empresa fixou o valor de vários produtos, entre eles o iPhone 5 e iPhone 6,  na cadeia de suprimentos de varejo.

Segundo a entidade, a Apple enviou e-mails a varejistas para pedir que eles mudassem seus preços, sempre que as lojas tentavam abaixar o valor do iPhone de alguma maneira. O serviço federal informou que a companhia americana colaborou com a investigação e tomou medidas para cumprir a lei no futuro.

Depois de uma investigação de sete meses, o regulador também diz que acredita que a Apple tinha o poder de rescindir acordos de revenda se não gostasse do preço que era posto na etiqueta do iPhone.

A Apple terá três meses para apelar da decisão assim que ela for publicada ainda neste mês, segundo autoridades russas. Caso perca, a companhia deve ser multada em até 15% das vendas de suas unidades no país, de acordo com o jornal Financial Times.

LeiaJá também

--> Apple planeja lançar quatro modelos do iPad em breve

--> WikiLeaks: Apple reage a relatos de espionagem da CIA

--> Phone 8 será lançado em três modelos, diz jornal japonês

COMENTÁRIOS dos leitores