Positivo e Digibras vencem pregão de tablets educacionais

as duas empresas devem fornecer aproximadamente 900 mil tablets, que serão usados por professores da rede pública de ensino

| seg, 06/02/2012 - 09:10
Compartilhar:

 

A Positivo e a Digibras foram as vencedoras da licitação pública realizada pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), ligado ao Ministério da Educação, para fornecer aproximadamente 900 mil tablets, que serão usados por professores da rede pública de ensino. Para comprá-los, o governo federal desembolsará entre 150 milhões e 180 milhões de reais.

A licitação foi iniciada em dezembro de 2011, com o objetivo de adquirir 900 mil aparelhos de fabricação nacional. O resultado da concorrência foi divulgado ontem (02/02) pelo ministro das Comunicações, Aloizio Mercadante, mas o pregão eletrônico por registro de preços, que seleciona o menor valor ofertado, aconteceu entre os dias 23 e 24 de janeiro último.

Cerca de 20 fabricantes entre indústrias nacionais e multinacionais participaram do leilão, atendendo ao chamado do edital 81/2011 do FNDE para fornecimento de dois modelos de tablets de 7 polegadas e 10 polegadas.

A Positivo e a Digibras foram as que apresentaram as melhores propostas de preços para o fornecimento dos tablets educacionais. Entretanto, elas ainda precisam passar pelas próximas etapas, que envolvem a análise da documentação e o teste de aderência dos equipamentos. Elas terão de submeter dez exemplares dos dispositivos habilitados no pregão para análise pelos técnicos de informática do FNDE, que vão avaliar se os aparelhos estão em conformidade com as configurações exigidas pelo edital. 

Depois dessa etapa, os tablets passarão pelo crivo do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). As duas empresas estarão habilitadas a fornecer as máquinas, casos seus equipamentos sejam aprovados.
 
Tablet para professor

Os tablets educacionais serão adquiridos pelo MEC para atendimento de escolas públicas do Programa Nacional de Tecnologia Educacional (Proinfo) no âmbito do Programa Um Computador por Aluno (ProUca). De acordo com o edital, os dispositivos, destinados aos professores, terão de ser entregues pelas fabricantes configurados, com suporte e garantia de 24 meses, nos estados, municípios e Distrito Federal.  
Além das duas fabricantes nacionais, participaram do certame empresas como Ciao Telecom, Omni, Investiplan, AIOX, Daruma, Semp Toshiba, CTIS Tecnologia, Procomp e até a Exclusiva Elétrica, que revende o iPad da Apple no Brasil. Como o edital exigia produtos enquadrados no Processo Produtivo Básico (PPB), algumas foram desclassificadas por não atenderem a esse requisito.

O edital dividiu as compras em quatro lotes, sendo dois para fornecimento de tablets tipo 1, de 7 polegadas, e os outros dois restantes para equipamentos tipo 2, de 10 polegadas. Ambos vão atender às regiões nordeste, sul, centro-oeste, norte e sudeste.

A Positivo ganhou três lotes. Dois para fabricação de tablets de 10 polegadas com preços unitários de 461,99 reais e 462,49 reais, cujos valores variam de acordo com a configuração. A empresa também venceu um dos lotes das máquinas de 7 polegadas, oferecendo preço por unidade de 276,99 reais. A Digibras, empresa ligada à CCE Info, ficou com um dos lotes de tablets de 7 polegadas, oferecendo preço unitário de 278,90 reais.

Segundo informações do mercado, nenhuma empresa está oferecendo no Brasil tablets de 7 polegadas de acordo com as exigências do edital do governo federal. Também não se sabe ainda quais são os fornecedores de chip da Positivo e da Digibras para a produção desses modelos.

Procurada pela reportagem da COMPUTERWORLD, a Intel informou que seu modelo de tablet conceito para a educação, mostrado para jornalistas no final do ano passado, atende a todas as especificações do edital do FNDE.

Entre as principais características das especificações técnicas exigidas estão:

Tipo 1 [tablet de 7 polegadas]
*Processador com mínimo de 1 GHz
*Tela colorida de tamanho mínimo de 7 polegadas e máximo de 8,9 polegadas
*Armazenamento interno tipo flash e capacidade mínima de 16 GB
*Wi-Fi padrão
*Câmera frontal e traseira
*Peso máximo de 600 g
*Funcionar como "USB Mass Storage" sem instalação de drivers
*Sistema operacional Android 2.3 ou superior

Tipo 2 [tablet de 10 polegadas]
*Processador de 1 GHz
*Tela colorida de tamanho mínimo de 9 polegadas e máximo de 10.1 polegadas
*Armazenamento interno tipo flash e capacidade mínima de 16 GB
*Wi-Fi padrão
*Câmera frontal e traseira
*Peso máximo de 700 g
*Sistema operacional Android 3.x ou superior

| | | Link:
Compartilhar:

Login

Para enviar comentários é preciso ser usuário cadastrado.
Ainda não sou cadastrado, quero fazer o meu registro agora!

Esqueceu sua senha?

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando