Juntas sugerem criação de Frente para defesa de indígenas

As deputadas do mandato coletivo também sugeriram a realização de concurso público para contratação de professores indígenas em Pernambuco

ter, 14/05/2019 - 12:32
Reprodução/Facebook/Jô Cavalcanti Jô Cavalcanti é a titular do mandato coletivo Juntas (PSOL) Reprodução/Facebook/Jô Cavalcanti

A titular do mandato coletivo Juntas (PSOL), deputada Jô Cavalcanti, apresentou, nessa segunda-feira (13), na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), os encaminhamentos da Comissão de Cidadania, aprovados na audiência pública sobre os direitos dos povos indígenas em Pernambuco.

 Entre as medidas previstas está a criação de uma Frente Parlamentar para a defesa dos povos originários. O colegiado pedirá ao Governo do Estado a regulamentação da categoria de professor escolar indígena e a realização de uma reunião para tratar do abastecimento de água nos territórios indígenas.

 O grupo também vai acompanhar de perto as discussões sobre a construção de uma usina nuclear em Itacuruba – tema de outra audiência pública a ser realizada em breve. A parlamentar salientou que a audiência pública da última sexta-feira (10) reuniu cerca de 300 índios de 13 povos. Um relatório sobre a discussão será enviado à Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados.

 No Plenário, Jô Cavalcanti defendeu ainda que a gestão de saúde indígena não seja municipalizada, como pretende o Governo Federal. Também argumentou em favor da realização, em Pernambuco, de concurso para contratação de professores indígenas.

LeiaJa também

--> Em delação, dono da Gol cita repasse a Rodrigo Maia

--> Justiça autoriza quebra de sigilo de Flávio e Queiroz

--> Bolsonaro está aberto a adaptar decreto das armas

COMENTÁRIOS dos leitores