PT apresenta possibilidades a Lula na segunda, diz Haddad

Em Garanhuns, ao lado de Paulo Câmara, Humberto Costa e Luciana Santos, o ex-prefeito de São Paulo declarou que o partido estuda o caso neste final de semana

sab, 01/09/2018 - 15:22
 Reprodução Facebook/ Fernando Haddad Haddad é o plano B do PT para a presidência. Reprodução Facebook/ Fernando Haddad

Plano B do PT, Fernando Haddad concedeu entrevista coletiva neste sábado (1º) na terra natal do ex-presidente Lula, Garanhuns, no agreste pernambucano. Ao lado do governador Paulo Câmara (PSB), do senador Humberto Costa (PT) e da deputada Luciana Santos (PCdoB), o político declarou à imprensa que passará o final de semana estudando as possibilidades jurídicas do caso, para apresentá-las a Lula na próxima segunda (3).

“Vamos conversar com o ex-presidente, mostrar o quadro possível do que podemos fazer, nossas possibilidades jurídicas, e discutir coletivamente o que fazer”, explicou Haddad.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deu dez dias de prazo para o PT indicar uma nova chapa, sem o nome de Lula. Apesar disso, Haddad evita falar em mudança de estratégia eleitoral. “A nossa causa é maior. É a soberania, o direito do povo de eleger seu presidente. Desde que o Lula foi preso, as intenções de voto nele cresceram”, ressaltou.  

COMENTÁRIOS dos leitores