Congresso deve votar último veto para analisar meta fiscal

A sessão está marcada para as 13h e após o encerramento da análise dos vetos, a pauta fica liberada para que o Congresso analise o texto que também amplia o deficit em R$ 20 bilhões neste ano e em R$ 30 bilhões em 2018

por Giselly Santos qua, 30/08/2017 - 09:55

O Congresso Nacional volta a se reunir, nesta quarta-feira (30), para tentar encerrar a votação dos vetos presidenciais iniciada nessa terça (29). A sessão está marcada para às 13h. A conclusão dos vetos libera a pauta para analisar a nova meta fiscal de 2017, anunciada pelo governo. 

Nessa terça, os senadores e deputados derrubaram um veto e mantiveram outros sete na sessão de ontem. O único veto derrubado permitia às empresas destinarem até 10% de sua cota de contratação de jovens aprendizes à formação técnico-profissional relacionada a práticas de atividades desportivas e à prestação de serviços relacionados à infraestrutura de instalações esportivas.

Hoje os parlamentares devem votar o veto 14/17 à chamada MP das Concessões. A votação de todos os vetos é necessária para destrancar a pauta do Congresso e permitir a análise do projeto que altera as metas fiscais de 2017 e 2018. 

A proposta enviada pelo governo amplia o deficit em R$ 20 bilhões neste ano e em R$ 30 bilhões em 2018. Um deficit maior significa, na prática, a possibilidade de ampliação dos gastos públicos. O projeto que altera as metas foi aprovado na Comissão Mista de Orçamento ontem à noite.

*Com a Agência Câmara

COMENTÁRIOS dos leitores