Nacional Ceará Paraíba Pará Pernambuco São Paulo

“Nunca este país precisou tanto de você, petista",diz Lula

O ex-presidente disse que se deve ter orgulho do partido e que nenhuma outra sigla fez mais do que o PT

por Taciana Carvalho sex, 17/02/2017 - 15:00
Heinrich Aikawa/Instituto Lula/Fotos Públicas Heinrich Aikawa/Instituto Lula/Fotos Públicas

Em vídeo publicado em sua página do Facebook, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva convocou os “petistas” para participarem do 6º Congresso Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), que acontece no dia 9 de abril. Com um tom soberano, Lula afirmou que se deve ter orgulho da sigla porque “nenhum partido que fez para o Brasil o que nós já fizemos”. 

Ele declarou que nunca o Brasil precisou tanto do PT como agora. “Nunca um país precisou tanto de você, petista, de corpo e alma, petista ideológico, petista consciente de que não fugiu. Às vezes, ficou até um pouco acanhado porque a situação estava complicada, mas está na hora da gente levantar a cabeça porque pode ter igual, mas no país não tem ninguém melhor do que nós”. 

Lula também falou que o PT vem sendo “destruído” pelos seus adversários desde 2005. “O PT foi atacado, aliás, ninguém nunca foi tão atacado neste país como o PT e nós sobrevivemos. Ganhamos 2006, 2010 e 2014 e a destruição continuou até o impeachment da presidente Dilma. Eu nem vou dizer da cassação e perseguição a Lula porque estou acostumado desde que comecei no movimento sindical. Tem gente que em uma escada de dez degraus só consegue subir um e volta. Alguns conseguem subir três ou quatro, no máximo cinco, e desistem. Bom é aquele que sobe os dez degraus porque a vontade de lutar é quase inesgotável”.

 “Queridas companheiras e companheiros, dia 9 de abril, em todos os municípios o PT inicia o sexto Congresso com a eleição dos delegados para o encontro estadual. É importante você comparecer para votar por algumas razões. A primeira é que 2017 deve ser o ano da gente recuperar a imagem do nosso partido e a gente defender o legado do partido que mais fez política social neste país”, convidou. 

 

 

 

COMENTÁRIOS dos leitores