Fusão de partidos pode beneficiar Eduardo Campos

A nova sigla poderá fortalecer o governador nas próximas eleições

por Élida Maria | qua, 17/04/2013 - 16:09
Compartilhar:

 

Foto: Fernando da Hora/ LeiaJáImagens/ Arquivo O socialista poderá sair ganhando com a nova legenda O socialista poderá sair ganhando com a nova legenda

Especulações políticas analisam o favorecimento do possível candidato a presidência da República em 2014, Eduardo Campos (PSB), com a fusão dos partidos PPS e PMN. Esta semana, em entrevista com o líder do Diretório Estadual do PPS em Pernambuco, Raul Jungmann, a possibilidade ficou mais clara.

Outro indício do apoio da nova legenda é a possibilidade de Cristovam Buarque do PDT (considerando uma aliança com o governador pernambucano) ser vice de Campos e posteriormente ocorrer uma coligação do PDT e PPS – futuro Mobilização Democrática – o que tornaria a competição mais competitiva.

O Portal LeiaJá antecipou anteriormente que já existe um diálogo entre o PPS de Jungmann e do PSB de Campos. Com a junção das siglas políticas esse apoio pode de fato se concretizar e fortalecer a base socialista.

 

| | | Link:
Compartilhar: