Casal de idosos morre com 5 minutos de diferença

Juntos há cerca de 50 anos, os dois morreram na mesma manhã, e no mesmo corredor do hospital, devido complicações de uma pneumonia

por Victor Gouveia qua, 12/06/2019 - 10:48
Divulgação/ Hospital São Vicente de Paulo O hospital confirmou o horários que o casal morreu Divulgação/ Hospital São Vicente de Paulo

Um casal de idosos, juntos há mais de 50 anos, morreu com cinco minutos de diferença, de acordo com o Hospital São Vicente de Paulo, localizado em Passo Fundo, no Rio Grande do Sul. Eles ficaram internados durante cinco dias, mas receberam alta devido uma pneumonia. Entretanto, retornaram à unidade de saúde.

A neta de Delvino Zanco, de 74 anos -recém completados nessa segunda-feira (12)-, e Maria Soleni Zanco, 72, contou que os avós estavam em quartos separados do mesmo corredor. Enquanto sua mãe e um dos tios recebiam a notícia da morte do avô em decorrência de uma parada cardíaca, uma enfermeira entrou no local e informou que a avó também havia morrido. "Eles sempre ficaram juntos, a vida inteira. Nesses mais de 50 anos, não se separaram nunca. Minha avó ria de tudo, e o vô viveu a vida dele pra fazê-la dar risada. Ele gostava de fazer piadas", relatou a neta Chaiane ao Extra.

Há aproximadamente dois meses, o idoso descobriu ter leucemia. A assessoria do hospital informou que a baixa imunidade resultou no agravamento da pneumonia que ele havia contraído. O que resultou em sua morte às 9h25. Já a esposa, tinha um histórico de três casos de acidente vascular cerebral (AVC) -o primeiro em 2011- e devido o comprometimento motor, era auxiliada pelo marido em ações cotidianas como escovar os dentes, tomar banho e se alimentar. Segundo a neta, o estado dela já era delicado, e coincidentemente se complicou por conta de uma pneumonia. A morte de Maria Zanco foi registrada às 9h30 do mesmo dia. O casal deixou três filhos, quatro netos e dois bisnetos.

 

COMENTÁRIOS dos leitores