Grupo católico denuncia agressão da PM em festa de crisma

Uma mulher de 80 anos e um adolescente que sofre de transtornos mentais estão entre os feridos pela ação policial

por Jameson Ramos seg, 20/05/2019 - 16:18

Pessoas que estavam reunidas em comemoração de crisma - sacramento da Igreja Católica em que o fiel recebe uma unção - denunciam agressões praticadas por policiais que, segundo relatos, invadiram a residência onde o grupo estava. A pessoa que havia sido crismada é um adolescente que tem transtornos mentais. O caso aconteceu na noite do último sábado (18), em São Paulo.

Toda a confusão teria começado depois que os policiais abordaram e agrediram um adolescente em frente à residência onde estava acontecendo a comemoração religiosa. O pai do jovem crismado ouviu os gritos e interferiu a ação questionando o motivo da violência.

Em seguida, o homem entrou em sua residência e trancou o portão. Populares que viram a ação policial confirmam que os PMs foram atrás e derrubaram a grade da casa.

Ao Diário do Nordeste, testemunhas relatam que os agentes agrediram os presentes, incluindo uma senhora de 80 anos; spray de pimenta também foi usado. Três pessoas, incluindo o pai do adolescente crismado, foram detidas e encaminhadas para a delegacia - sendo liberados três horas depois.

Em nota, a Polícia Militar explica que pessoas em uma residência jogaram pedras enquanto a viatura passava pelo local. A PM acentua que vai investigar a conduta dos policiais envolvidos no caso.

Um vídeo divulgado mostra como ficou a casa invadida. Confira

Embed:

COMENTÁRIOS dos leitores