Homem pede 'test drive' e rouba Ferrari na Alemanha

Modelo exclusivo, avaliado em 2,2 milhões de euros, tinha como antigo dono o ex-piloto de Fórmula 1 Eddie Irvine

qua, 15/05/2019 - 19:31
Dieter STANIEK Uma Ferrari 288 GTO vintage é rebocada depois que o veículo roubado foi descoberto em uma garagem em 15 de maio de 2019, em Grevenbroich, na Alemanha Dieter STANIEK

A Polícia alemã emitiu nesta quarta-feira (15) uma ordem de busca contra um homem que aproveitou um 'test drive' em uma Ferrari GTO, um modelo exclusivo, avaliado em 2,2 milhões de euros, para roubá-la.

O suspeito foi ao meio-dia desta terça-feira em uma concessionária de carros antigos em Neuss Uedesheim, na periferia de Düsseldorf, onde demonstrou interesse por uma Ferrari 288 GTO, de cor vermelha, que teve menos de 300 unidades produzidas nos anos 1980, explicou a Polícia local em um comunicado.

O homem, cuja foto foi distribuída pela Polícia, conseguiu convencer a concessionária a fazer um 'test drive', antes de uma possível compra. Mas desapareceu com o carro.

Seu proprietário anterior era um ex-piloto de Fórmula 1, o norte-irlandês Eddie Irvine, segundo o jornal Bild.

A Ferrari acabou sendo vista circulando em Neuss, outra cidade perto de Düsseldorf, segundo testemunhas. Os policiais a encontraram em uma garagem. O motorista segue foragido.

COMENTÁRIOS dos leitores