Congo começa a vacinar contra o ebola

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, 17 casos da doença foram confirmados no país

por Beatriz Gouvêa qui, 09/08/2018 - 15:31

A República Democrática do Congo iniciou a campanha de vacinação conhecida como anel – para a população considerada de alto risco – para o surto de ebola, na província de Kivu do Norte. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 17 casos da doença foram confirmados no país.

“Vacinas são uma ferramenta importante na luta contra o ebola. É por isso que tem sido prioridade agilizar e organizar essas vacinas para proteger nossos trabalhadores da saúde e a população afetada”, afirmou o ministro da Saúde do país, Oly Ilunga.

A OMS também comunicou que 3.220 doses da vacina estão disponíveis no país e que doses extras foram pedidas.

“O ebola é agressivo. Precisamos responder agressivamente. Iniciar a vacinação tão rápido é um passo-chave”, emitiu o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Guebreyesus. 

A vacinação em anel baseia-se em buscar e imunizar todas as pessoas que tiverem contato com pessoas afetadas pelo ebola.

Tags:

COMENTÁRIOS dos leitores