População faz fila para comprar maconha legal em Paris

Lei do país permite que derivados da planta com baixa concentração de THC sejam comercializados

qua, 13/06/2018 - 15:58
Júlio Gomes/LeiaJáImagens/Arquivo O custo do grama da maconha está custando em média de R$ 57 Júlio Gomes/LeiaJáImagens/Arquivo

A abertura de coffe-shops na França tem atraído tantas pessoas que as filas se formam fora dos estabelecimentos. O objetivo dos consumidores é adquirir maconha legal, que tem virado "febre" segundo a imprensa francesa. As informações são da RFI.

Na França, fumar maconha em público ainda é proibido. A lei permite, entretanto, que derivados da planta com baixa concentração de THC sejam comercializados.

Os destaques das lojas francesas é a chamada 'maconha light', composta basicamente de CBD (canabidiol), responsável pelo efeito analgésico e relaxante, e com pouquíssimo teor de THC (tetraidrocanabiol), que traz os efeitos psicotrópicos da planta. A loja Cofyshop, que tem atraído as filas em Paris, teve que renovar os estoques duas vezes em uma semana.

O proprietário do Cofyshop diz que a empresa pensou em um projeto elaborado, com marca, cores, logo e conceito. "Também divulgamos na imprensa, mas o nosso diferencial é que o cliente pode ver, cheirar e comparar os produtos", disse Joaquim Lousquy para a RFI.

A oferta do estabelecimento muda diariamente. O grama custa uma média de R$ 57. A liberação de CBD faz parte de um projeto do governo Macron para estimular a cultura e a transformação da maconha para fins terapêuticos. Países europeus como Espanha, Suíça e Grécia já autorizam a venda desse tipo de cannabis.

COMENTÁRIOS dos leitores