Homem atacado por tubarão respira sem a ajuda de aparelhos

Pablo Diego Inácio de Melo apresentou melhora no quadro de saúde na tarde desta segunda-feira (16)

seg, 16/04/2018 - 18:48
Corpo de Bombeiros/Divulgação Homem foi atacado no último domingo (15) na praia de Piedade Corpo de Bombeiros/Divulgação

O banhista que foi atacado por um tubarão na praia de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, no último domingo (15), apresentou uma evolução no estado de saúde nesta segunda-feira (16). De acordo com a assessoria de imprensa do Hospital da Restauração, onde Pablo Diego Inácio de Melo, de 30 anos, está internado, ele respira sem ajuda de aparelhos e está consciente. 

Ainda de acordo com o HR, os médicos ainda se preocupam com o estado de Pablo por conta de possíveis infecções causadas pela mordida do tubarão. No domingo, o banhista teve a perna direita amputada. De acordo com o diretor geral do Hospital da Restauração, Miguel Arcanjo, o paciente perdeu muito sangue, chegou a ter uma parada cardíaca, sendo reanimado e encaminhado para o bloco cirúrgico onde precisou amputar a perna direita.

Pablo Diego é natural do estado do Rio Grande do Norte. Nesta segunda-feira, a mãe da vítima, que veio de Natal para cuidar do filho, afirmou que ele sabia do perigo que corria. "Ele era muito afoito, gostava muito de mergulhar e, lá em Natal, ele já chegou a nadar depois das pedras (da praia). Lá também é muito perigoso”, disse Darlene Melo.

Ela ainda faz um apelo para quem quiser e puder ajudá-la. “Eu vim simplesmente pela misericórdia. O dinheiro que estou aqui é R$ 35 reais que já foi a minha sobrinha que me deu”. Por não ter amigos ou familiares em Recife, ela pede para que as pessoas se solidarizem e ajudem. “Enquanto meu filho estiver aqui, eu vou ficar. Não sei como, mas eu vou ficar”, exclama Darlene. O número da conta disponibilizado para ajudar Darlene é o 1373-0 e a agência é a 2874-6 do Banco do Brasil. 

 

COMENTÁRIOS dos leitores