Justiça fixa multa diária de R$ 500 mil a manifestantes

A medida é válida para os manifestantes que estão no entorno da Polícia Federal, em Curitiba

sab, 14/04/2018 - 14:33
Heuler Andrey/AFP A decisão, assinada pelo juiz substituto Jailton Juan Carlos Tontini, é válida para grupos pró e contra Lula Heuler Andrey/AFP

A Justiça do Estado do Paraná fixou na sexta-feira (13) uma multa diária de R$ 500 mil para os manifestantes que estiverem no entorno da Superintendência Polícia Federal em Curitiba, onde o ex-presidente Lula está preso. A decisão é válida para grupos pró e contra Lula. 

A medida foi assinada pelo juiz substituto Jailton Juan Carlos Tontini, da 3ª Vara de Fazenda Pública de Curitiba. No texto, ele diz que os manifestantes estão descumprindo uma ordem liminar do dia 8, que determinava os manifestantes não impedissem o trânsito de pessoas na área e que não fossem montados acampamentos nas proximidades da PF. 

O pedido foi feito pela Prefeitura da capital paranaense. Na época, o juiz Ernani Mendes Silva Filho justificou a decisão para "evitar confrontos que podem levar a dezenas de feridos e depredação do patrimônio público e privado".

 

Tags:

COMENTÁRIOS dos leitores